Escola Caetano de Campos

Escola Caetano de Campos

 

O edifício Caetano de Campos foi inaugurado em 2 de agosto de 1894 e foi sede da primeira Escola Normal paulista. O prédio constitui-se num dos mais significativos monumentos republicanos do Estado de São Paulo. Com 225 janelas, 86 metros de largura e 37 metros de profundidade nos pavilhões laterais, o edifício foi construído para ser um dos símbolos da educação do Estado.

Originalmente, o prédio possuía apenas dois andares, até que, no final da década de 30, ganhou um novo pavimento para abrigar a Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras. Por esse motivo, o Caetano de Campos é considerado, também, um dos berços da Universidade de São Paulo.

Imagem historica Prédio da Secretaria da Educação do Estado de São PauloApesar de sua enorme importância arquitetônica, cultural e política, o Caetano de Campos quase foi demolido no final da década de 70, para a implantação da linha Leste-Oeste do metrô, mas foi salvo por meio da mobilização de parte da população paulista. Hoje, o prédio é considerado um monumento histórico e foi tombado como bem cultural do Estado e do Município de São Paulo pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico Artístico Arqueológico e Turístico do Estado de São Paulo (CONDEPHAAT), e pelo Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo (CONPREST).

Em 1978, o instituto de educação foi transferido e o prédio passou a abrigar a Secretaria da Educação do Estado. Em 1979, o Caetano de Campos foi reformado e restaurado para abrigar os funcionários da Pasta.