Ensino Fundamental

Inscreva-se na 6ª edição da Feira de Ciências da rede estadual

O prazo segue até o dia 17 de agosto; podem participar alunos do Ensino Fundamental e Ensino Médio

Professores e alunos das escolas da rede matriculados no Ensino Fundamental e Ensino Médio podem se inscrever na 6ª edição da Feira de Ciências das Escolas Estaduais de São Paulo. As inscrições seguem até o dia 17 de agosto.

Confira o regulamento aqui.

A iniciativa busca familiarizar jovens estudantes com a iniciação científica e conscientizá-los sobre a importância de projetos nas áreas ciência, tecnologia, direitos humanos, saúde,
empreendedorismo, sustentabilidade e ética.

Nesta edição, serão aceitos trabalhos em duas categorias.  Na categoria Ciências da Natureza, podem ser inscritos projetos de estudantes do 6º, 7º e 8º ano do Ensino Fundamental, subcategoria Júnior e do 9º ano do Ensino Fundamental, da 1ª série e 2ª série do Ensino Médio, na subcategoria Master.

Na Categoria Ciências Humanas, podem ser inscritos somente projetos de estudantes do 9º ano e da 1ª e 2ª série do Ensino Médio, na subcategoria Master.

Em caso de equipes mistas, com alunos pertencentes às duas subcategorias, o projeto deverá ser inscrito na de maior escolaridade, ou seja, na subcategoria Master. E todos os projetos submetidos deverão ter professores orientadores.

Para se inscrever, os interessados devem entrar em contato com a Diretoria de Ensino, que será responsável pela seleção regional dos melhores projetos, até o dia 31 de agosto. Clique aqui.

Os projetos passarão por uma seletiva regional e outra uma estadual. Os 40 finalistas serão avaliados por uma banca final, que selecionará oito projetos vencedores.

Calendário

Inscrição até 17/08

Seletiva Regional: 20/08 a 28/09

Seletiva Estadual: 01/10 a 24/04

Premiação: maio de 2019

5ª edição da Feira de Ciências

Nesta edição, foram seis vencedores, sendo três na categoria Master e três na categoria Júnior. Mais de 147 trabalhos foram analisados na etapa estadual pela banca de especialistas da Educação.

Confira o vídeo