Pais e Alunos

#DicaDaSemana: Museu em Santos remonta a trajetória do café no Brasil

Passeios podem ser feitos individualmente ou em grupos e são dedicados a contar a história do grão de maneira simples e lúdica

qui, 07.12.2017

Café com leite, cafezinho, café preto. Quem aprecia esse ingrediente trivial na mesa dos brasileiros, nem imagina a importância histórica e econômica que ele tem. E, para entender melhor sua relevância, nada como uma visita à Bolsa Oficial de Café, Museu voltado ao resgate histórico da comercialização do grão no Brasil.

A cerca de 80km da Capital, ligado ao Porto de Santos, o edifício do Museu é facilmente reconhecido por sua arquitetura que mistura elementos de diferentes movimentos arquitetônicos, como o neoclássico e o barroco. Em 2009, foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

Entre objetos e documentos que formam seu acervo, já no início do passeio, os visitantes são ligeiramente impactados pela imponente Sala do Pregão, onde eram realizadas as cotações diárias das sacas de café, até o final da década de 1950. Com 81 cadeiras, um vitral e três telas do paulista Benedito Calixto.

A exposição permanente “Café, patrimônio cultural do Brasil: ciência, história e arte”, trata de perspectivas científicas, históricas e arquitetônicas por meio de objetos, imagens, vídeos e mapas que contextualizam as particularidades da produção e comércio do grão ao longo da história até os dias atuais.

Para quem deseja fazer o passeio, há opções de visitas especiais e mediadas que abordam, de forma didática, a história do café e curiosidades do edifício, com programas voltados para alunos e professores. Saiba mais.

Serviço:

Bolsa Oficial de Café

Rua XV de Novembro, 95 – Centro Histórico, Santos – SP

Para mais informações: (13) 3213-1750 ou e-mail: museudocafe@museudocafe.org.br