A Escola Que Queremos

Com 3 dias de festividades, Itápolis comemora os 88 anos de fundação da E.E. Valentim Gentil

Comunidade escolar participou do evento com apresentações, exposição, passeio ciclístico e fanfarra

qua, 13.09.2017

Fundada em 30 de agosto de 1929, a E.E. Valentim Gentil completou 88 anos em grande estilo. Isso porque a diretora Simone Cristina Pinheiro, que está à frente da escola a pouco mais de dois meses, atendeu um simples pedido que partiu dos professores da unidade: comemorar a efeméride. Após alguns encontros para afinar os detalhes, a cidade de Itápolis sediou três dias de festividade que mobilizou, além dos alunos e funcionários, toda a comunidade local.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

“Os professores falaram do interesse de fazer algo pelo aniversário da escola. Eu sempre gostei de comemorar, por exemplo, o Dia do Estudante (11 de agosto), sou festeira. E aí foi fácil atender o pedido deles”, comenta Simone. O evento, que foi um sucesso total, também serviu para atingir um dos objetivos da recém chegada diretora, que era conhecer o talento de todos na escola, entre funcionários, professores e alunos.

As aulas aconteceram normalmente até o intervalo. Mas, depois desse período, teve gincana recreativa e do conhecimento durante o primeiro dia de ações. O segundo dia foi uma pouco mais especial, tendo em vista que dois laboratórios foram abertos para visitação da comunidade, com exposição de experimentos feitos pelos próprios alunos. Além disso, depois de 38 anos inoperante, a garotada deu sobrevida à fanfarra da Valentim Gentil, que em pouco tempo já reúne cerca de 30 vozes, do surdo ao trombone.

Mostruários dos uniformes utilizados por alunos há quatro décadas e alguns instrumentos foram conservados por todos esses anos e, atualmente, servem como motivação para que a banda escolar se torne cada vez mais atuante. Além do Hino da Escola, a fanfarra tocou clássicos do cancioneiro nacional, como O menino da Porteira.

Para finalizar esse dia, no Salão Nobre da Valentim Gentil foram feitas apresentações de talentos, com interpretações ao som de violino, danças japonesa, jazz, hip hop, muita cantoria e até um aluno que se apresentou com a dança do ventre. “Teve também uma banda de rock, ou seja, atendeu a todos os públicos”, acrescenta a diretora Simone. A prefeitura de Itápolis ofereceu um bolo, onde todos cantaram os parabéns acompanhados pela fanfarra.

No último dia, a organização preparou um passeio ciclístico que contou com atletas de todas as idades que desfilaram pelo centro da cidade, com apoio do departamento de transito e da guarda municipal, que garantiram a segurança dos envolvidos.

O secundarista Lucas Rafael Sant’Anna, que é secretário de Cultura do Grêmio Gerar, da Valentim Gentil, relata que gostou de tudo um pouco, “mas eu gostei mais da apresentação cultural, pois os alunos puderam mostrar seus talentos. Teve um rapaz, o Bruno Reguim, que fez standup e eu me impressionei bastante com isso. Não esperava que fosse tão bom daquele jeito”, afirmou o aluno ao lembrar do dia de apresentações.

O gremista faz projeções para as próximas comemorações. Aos 89 anos de fundação da E.E. Valentim Gentil, alunos, professores e funcionários já esquematizam extensa programação. Segundo Lucas, “os alunos podem esperar uma semana bem gigantesca, pois vai ter muita festa pra galera”, completa.