terça-feira, 05/02/2019
Ensino Fundamental

Confira o calendário das eleições dos Grêmios Estudantis 2019

A primeira data do calendário é a escolha dos Representantes de Classe que deverá ser feita até sexta-feira (8)

O Grêmio Estudantil tem um papel fundamental dentro da escola e permite que o aluno crie oportunidades de discutir os seus direitos e deveres, exercendo a cidadania na prática. Além do desenvolvimento do protagonismo juvenil, da liderança e da capacidade de tomada de decisão.

Na rede estadual de ensino, o número de Grêmios Estudantis cresceu e atingiu a marca de mais de 5 mil escolas. Esse número representa 96% do total de unidades de ensino do Estado de São Paulo.

Com o objetivo de ampliar ainda mais a participação dos alunos da rede estadual de ensino nas decisões da comunidade escolar, a Educação definiu o Calendário para o Processo Eleitoral de 2019 que prevê a organização de chapas e campanha para a divulgação de projetos dos alunos.

Sonia Maria Brancaglion, da equipe de Grêmios Estudantis, fala sobre a importância de garantir esse direito aos estudantes. “Esse processo colabora para que o aluno pare de olhar para a questão individual e contribua com o espaço educativo”, explica.

A primeira data do calendário definida pela Secretaria da Educação é a escolha dos Representantes de Classe, que têm a função de ser a voz da sala de aula em todos os assuntos escolares. Essa votação deverá ser feita até a próxima sexta-feira (8). A escolha, por meio de voto direto e secreto, será de dois estudantes por sala, sendo um do gênero masculino e outro do gênero feminino, com a supervisão de um professor durante a aula.

Confira as próximas datas do calendário escolar aqui.

“A sugestão de um calendário unificado para o processo eleitoral dos Grêmios Estudantis veio dos próprios estudantes, entre 2015 e 2016. É muito importante termos essa data para fazermos um acompanhamento desse processo, além de oferecer as mesmas orientações para toda a rede”, explica Raphaela Burti, da equipe de Grêmio Estudantil.

“Dessa forma, podemos realizar o mesmo trabalho em todas as escolas, e trazer a realidade da democracia pra dentro da escola. Afinal, nós temos um calendário de eleição como cidadãos a cada 2 anos. Estamos equiparando todas as unidades de ensino com o objetivo de tratar as escolas da mesma forma uniformizando o processo”, completa.

Se você ainda tem dúvida sobre o que é um grêmio estudantil, o seu objetivo e a sua importância;  legislações; papel dos alunos gremistas; como formar e organizar um grêmio; entre outras informações, acesse o Documento com as perguntas mais frequentes.

Acesse também o Documento Orientador para o processo de eleição de representantes dos Grêmios Estudantis nas escolas estaduais em 2019.