quarta-feira, 30/01/2019
Ensino Integral

#Enem: aluno da rede tira nota máxima na redação

O jovem da escola Professor Marciano de Toledo Piza, em Rio Claro, está entre os 55 que conquistaram nota 1.000

Receber nota mil na redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é o desejo de todos os candidatos. E o aluno Fabrício Vitorino da Silva, da escola Professor Marciano de Toledo Piza, de Rio Claro, está entre os 55 estudantes que alcançaram a nota máxima na edição 2018.

O jovem de 18 anos é o único estudante que veio de escola pública entre os quatro paulistas da lista. Aluno disciplinado e atuante, encontrou no ensino integral as ferramentas necessárias para correr atrás do grande sonho: ser médico. “Fundei e fui presidente do clube de debate da escola. Sempre procurava trazer temas atuais para debater com os colegas. Juntos, encontrávamos formas de passar as ideias para o papel”, conta Fabrício.

A diretora da escola Célia Stipp destaca que aula de projeto de vida prepara os jovens para os desafios no futuro e no desenvolvimento acadêmico. “Nas escolas de período integral, como é a Marciano Piza, os alunos convivem por mais tempo com os professores e tem mais oportunidade para estudar. Disciplinas como Projeto de Vida, por exemplo, direcionam os jovens para onde eles querem chegar. Estamos muito felizes e orgulhosos com o desempenho de Fabrício”, explica.

Fabrício Vitorino da Silva estudou durante parte do Ensino Fundamental e todo o Médio na escola Marciano Piza, em Rio Claro, onde se formou em 2017. E passou o último ano se preparando para o exame.

Na escola Isabel Campos, em Presidente Venceslau, a aluna Daianne Lima de Santana, da 3ª série do Ensino Médio, conquistou 940 pontos na redação.

O método utilizado pela professora de língua portuguesa, Luciana Scarcelli Moré Oliveira, contribuiu para o resultado. “O método que eu utilizo com meus alunos começa já na 2ª série. E na 3ª série, faltando poucos meses para o Enem, intensifico as práticas. Trabalhamos em sala de aula com estrutura textual, leituras de redações nota 1.000 de anos anteriores e de editoriais, videoaulas, produção de texto com tempo limitado, além de fazermos quatro simulados anuais”, conta.

 Já a ex-aluna da escola Gentila Guizzi Pinatti, da cidade de Sebastianópolis do Sul, Amanda D’Auricio, conquistou também 940 na redação do Enem há dois anos. Segundo ela, para escrever um bom texto é necessário identificar a sua maneira de transcrever as ideias no papel. “Eu entendi que não precisamos escrever de forma engessada. Cada um aprende qual é o seu jeito de produzir”, explica.

 Resultado

Alunos da rede estadual de ensino que realizaram as provas do Enem 2018, já podem consultar o resultado do exame no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP).

Os participantes poderão consultar as notas que obtiveram em cada uma das provas: Linguagens, Ciências Humanas, Ciências da Natureza, Matemática e Redação. Para isso, basta acessar a Página do Participante, no site do INEP, com CPF e senha.

– Consulte aqui o resultado.