segunda-feira, 07/10/2002
Últimas Notícias

Escrevendo o Futuro

Duas escolas públicas do Estado de São Paulo entre 1.600 de todo o País, estão entre as finalistas da 1º Edição do prêmio “Escrevendo o Futuro” que, propõe contribuir para a melhoria da qualidade do ensino, a partir da utilização da escrita no exercício da cidadania. O prêmio “Escrevendo o Futuro” é uma iniciativa da […]

Duas escolas públicas do Estado de São Paulo entre 1.600 de todo o País, estão entre as finalistas da 1º Edição do prêmio “Escrevendo o Futuro” que, propõe contribuir para a melhoria da qualidade do ensino, a partir da utilização da escrita no exercício da cidadania. O prêmio “Escrevendo o Futuro” é uma iniciativa da Fundação Itaú Social com a Coordenação do Centro de Estudos e Pesquisa em Educação, Cultura e Ação Comunitária (CENPEC ) e apoio da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Ensino ( Undime ).

O Programa possui três etapas. A primeira, já concluída, foram escolhidos os vencedores dos gêneros: textos de reportagem, artigos de opinião e poesia. As inscrições que começaram no dia 1º de maio e terminaram no dia 9 de agosto, foram direcionadas aos alunos de 4º e 5º séries das escolas estaduais e municipais. As demais etapas, regional e nacional, serão coordenadas pelo CENPEC e estão sendo elaboradas. O prazo total para o término das três etapas é de 8 meses, segundo o regulamento do projeto.

O Estado de São Paulo teve o maior número de inscrições: 849 escolas enviaram os trabalhos de cerca de 1.259 alunos. Os alunos da escola pública que chegaram à semifinal do Programa concorreram com mais 1.649 textos no gênero poesia. Os vencedores foram: o aluno Kleberson Santos Silva, 4º série, da EE. Profº Davino Dias sob a coordenação da profª Marta Branco Lopes e, a aluna Mariana Souza Santos da EE. Mário T. Mariano, 4º série, sob a coordenação da profª Georgina Rossi. Os vencedores dessa primeira etapa, ganharam uma coleção de livros com 5 títulos de Literatura Infantil.