29/08/13

Professor: veja o passo a passo para realizar inscrição no processo de atribuição de aulas

Categoria

O período para educadores efetuarem cadastro e afirmarem opções de jornada segue até 10/9

  • Para realizar sua inscrição, acesse o sistema GDAE, informando nome de usuário e senha

  • Em seguida, acesse a opção “inscrição para atribuição de classes e aulas”

  • Na área “inscrição”, selecione a opção “confirmar Inscrição”

  • Na sequência, clique na opção “confirmar Inscrição” e, em seguida, selecione o campo “requerimento de inscrição"

  • Na opção “confirmar Inscrição”, selecione o campo “requerimento de inscrição

  • Verifique todos os dados que serão apresentados na tela e, se estiverem corretos, prossiga para o próximo passo

  • Verifique todos os dados que serão apresentados na tela e, se estiverem corretos, prossiga para o próximo passo

  • O próximo passo é informar a quantidade de aulas pretendidas, caso a atuação seja no campo aula. Aqueles que desejam solicitar nova prova, devem informar disciplina, diretoria de ensino e opção de transferência, no caso dos docente temporários

  • Se alguma informação estiver incorreta, clicar em “solicitar acerto”. Caso contrário, clique em “confirmar dados”. Após confirmação, não será permitida alteração

  • Após o procedimento, será apresentada a mensagem de confirmação. A mensagem também informará aos interessados em efetuar inscrição como candidato na mesma atuação, que devem acessar, no menu inscrição, o campo “Duplicar Inscrição Efetivo/OFA”

  • 9. O docente Efetivo/OFA, após confirmar sua inscrição para o cargo/função e que desejar acumular com contrato em 2014, na mesma área de atuação, deverá clicar na aba “inscrição”, e em “duplicar inscrição efetivo/OFA”

  • O sistema mostrará as telas para verificação dos dados pessoais, disciplina e pontuação

  • O sistema mostrará as telas para verificação dos dados pessoais, disciplina e pontuação

  • O próximo passo para os educadores será informar a quantidade de aulas pretendidas e as disciplina de prova

  • Para outro campo de atuação, o docente que pretender acumular cargo/função com contratação, deverá comparecer na unidade escolar para pré-inscrição. Após o procedimento, deverá acessar novamente o GDAE para confirmar sua nova inscrição

  • Realizada a inscrição, o docente poderá indicar outras diretorias de ensino para fins de classificação para atribuição de aulas. Para isso, acesse o menu “inscrição” e a área “Cadastramento em outra DE – CGRH”

  • O sistema trará para o docente as inscrições realizadas, para cadastramento em outras diretorias de ensino

Os educadores da rede estadual de ensino têm até o dia 10 de setembro para se inscreverem no processo de atribuição de aulas. Além de afirmar suas opções de jornada de trabalho, o que deve ser feito por meio do sistema GDAE, nesse ano os docentes efetivos e estáveis terão também a opção de candidatar-se à contratação temporária. O passo a passo para o procedimento completo pode ser conferido na galeria de fotos.

Os professores que desejam se candidatar à contratação temporária devem realizar a pré-inscrição na diretoria de ensino onde pretendem atuar. O próximo passo para esses docentes será confirmar o cadastro online, por meio do sistema GDAE. Esses profissionais deverão realizar o Processo Seletivo Simplificado, com prova prevista para outubro.  

O período de inscrições é necessário para a melhor organização da atribuição de aulas, que deve acontecer em janeiro de 2014. Com a medida, os gestores das unidades conhecerão previamente a jornada dos professores que atuam em sua unidade, o que facilitará a distribuição das classes.

Nova opção

Para o próximo ano letivo, os educadores efetivos e estáveis contarão com uma nova opção no momento de definir sua jornada de trabalho. A partir de agora, os 181,5 mil educadores da rede estadual de ensino paulista poderão candidatar-se, também, para a contratação temporária.

Com a mudança, um professor efetivo ou estável com jornada de 40 horas semanais, por exemplo, poderá acumular até 25 horas extras, o que representa um ganho financeiro de cerca de R$ 1.400 ao mês, além do salário-base somado às gratificações que variam de acordo com cada servidor.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

A medida permitirá, por exemplo, que o professor efetivo substitua outro professor, afastado por licença médica, em horário distinto de sua jornada e na mesma escola em que atua. A mudança atende a uma solicitação da própria rede e reforça a política da Secretaria pela ampliação da atuação de docentes efetivos na rede estadual, que inclui também o anúncio do maior concurso da história, para ingresso de 59 mil educadores que deve ser realizado até o final do ano.

Os interessados em acumular horas farão essa opção no momento da inscrição para o processo de atribuição de aulas 2014. As orientações para esse procedimento podem ser consultadas na portaria sobre a atribuição de aulas, publicada no Diário Oficial do Estado.

 

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Aliquid fuga?