sexta-feira, 11/01/2019
Ensino Médio

Programa da Unicamp aproxima alunos do mundo da ciência

As atividades acontecem até o dia 2 de fevereiro; participam estudantes de Campinas e região

Com o objetivo de aproximar cada vez mais os jovens do mundo da ciência, a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) promove a 17ª edição do programa Ciência & Arte nas Férias. As atividades seguem até o dia 2 de fevereiro.

Conheça o programa aqui

Nesta edição, participam alunos do Ensino Médio de Campinas, das Diretorias de Ensino Leste e Oeste, e das Diretorias de Ensino de Limeira e de Piracicaba. Os jovens realizam atividades práticas com os desafios atuais da ciência, a metodologia do trabalho científico, o ambiente humano dos laboratórios de Pesquisa e as diferentes formas de expressão artística.

Sob a supervisão de professores e pesquisadores da universidade, os estudantes realizam pesquisas em laboratórios. “Temos a participação de alunos do Ensino Médio de escolas públicas de Campinas e região. Assim, podemos despertar na juventude o interesse pela ciência e pela arte, além de mostrar a importância da universidade pública”, explica o reitor da Unicamp, Marcelo Knobel, presente na cerimônia de abertura.

Durante a abertura do programa, que contou com a presença de 160 alunos de 65 escolas da rede estadual de ensino, realizada na última segunda-feira (7), o professor Tiago Ferrari falou da importância da relação com os professores da Unicamp. “Costumo dizer que sou filho de professores da Unicamp e que, apesar da minha proximidade, foi por meio de eventos dessa natureza que senti efetivamente a presença da instituição e adquiri visão mais ampla”, compartilha.

Para o professor do Instituto de Biologia da Unicamp Daniel Martins de Souza, a iniciativa oferece aos alunos a oportunidade de conhecer melhor a universidade e até mesmo de se interessar por algum curso de graduação. “Nada mais justo do que uma instituição oferecer a oportunidade aos alunos das escolas públicas da região de conhecê-la. O mais importante é estimular o participante a iniciar uma carreira cientifica ou artística, conhecendo um lugar em que possam estudar”, afirma.

“Trata-se de um programa que mora no meu coração e que permite ao estudante do Ensino Médio ficar imerso durante um mês na Unicamp, conhecê-la e se preparar para a vida acadêmica”, explica o secretário municipal de Cultura de Campinas, Ney Carrasco, que abordou a história da iniciativa, durante o discurso.