Boas Práticas

Projeto ecológico de escola da rede estadual ganha repercussão internacional

Grupo envolvido na ação recebeu convite para apresentar a iniciativa em conferência no Egito

ter, 01.10.2013

Com luvas, jalecos e sacolas plásticas, os alunos da E.E. Ilza Irma Moeller Cóppio caminham em direção ao rio Paraíba, na cidade de São José dos Campos. O clima quente não intimida os estudantes que recolhem todo lixo que encontram e conversam sobre a importância de preservar o meio ambiente.

“Não fazemos isso só para a gente, é para as gerações futuras”, opina a aluna de 16 anos, Natália Silva. “O mundo de amanhã será o mundo dos nossos filhos. Precisamos ter essa consciência”, completa a estudante Daniele Santos.

A atividade, desenvolvida semanalmente, faz parte da disciplina diversificada que o novo modelo de escola de tempo integral proporciona. Com o nome Água Educa, a eletiva criada pela professora de Geografia Rosa Sousa, discute, na parte teórica, o ciclo hidrológico e a influência do homem sobre o meio ambiente.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

“Na etapa prática, monitoramos a água do rio verificando o PH, turbidez e nível de oxigênio. Também preservamos a mata plantando árvores e trabalhamos a questão da gestão do lixo, recolhendo os resíduos que encontramos pelo caminho”, conta a professora Rosa.

O projeto deu tão certo que a escola foi convidada para realizar um workshop sobre a ação no Egito, na conferência Let’s Take Care Of The Planet. “A iniciativa sensibilizou os jovens e a comunidade. Hoje, vejo que é possível fazer a diferença, pois já podemos ver o retorno da nossa ação no comportamento dos jovens e da comunidade”, finaliza a professora.