segunda-feira, 28/03/2016
Boas Práticas

Projetos alternativos ao petróleo podem render prêmio às escolas estaduais

Inscrição para o Prêmio Zayed de Energia do Futuro 2017 segue aberta até 27 de junho

Alunos e professores da rede estadual paulista podem contribuir na busca por projetos alternativos ao petróleo. Essa é a proposta do Prêmio Zayed de Energia do Futuro, promovido pelo governo dos Emirados Árabes Unidos e com apoio da Educação de São Paulo. Lançado em 2008, o concurso internacional incentiva a criação de ações de empresas, organizações não governamentais e instituições de ensino em energia renovável e sustentabilidade. As inscrições seguem abertas até o dia 27 de junho.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

Na categoria “escolas secundárias globais”, os candidatos devem enviar ao júri ações inéditas de energias limpas pensadas exclusivamente ao ambiente educacional. As opções incluem estratégias para redução de resíduos e até iniciativas para eficiência energética em prédios escolares. Caberá ao Prêmio financiar a conclusão do projeto vencedor.

A inscrição é válida a estudantes de 11 a 19 anos de idade. Na última fase será selecionado um representante de cada uma das cinco regiões: Américas, África, Ásia, Europa e Oceania. Cada um receberá um prêmio de até R$ 400 mil. A inscrição deve ser feita obrigatoriamente em inglês no site do prêmio. Os finalistas serão conhecidos em janeiro de 2017.

Plataforma reúne conteúdo para a sala de aula

Além do concurso, o Prêmio Zayed também mantém online um acervo vasto com artigos e material de referência para a elaboração de planos de aula do Ensino Fundamental e Ensino Médio. No YSustainnovate.ae, educadores encontram opções de atividades em vídeo e aula e a função “pergunte a um especialista”, que permite a interação com um painel global de estudiosos no assunto.