Secretário empossa Miguel Haddad como novo diretor-executivo da FDE

Cerca de 200 pessoas estiveram presentes nesta segunda-feira, 9, à posse do novo presidente da FDE, Miguel Haddad. Deputados estaduais e federais, vereadores e representantes do Conselho Estadual de Educação e da Fundação para o Desenvolvimento da Educação (FDE) participaram da solenidade.

O secretário Gabriel Chalita destacou o trabalho realizado pelo ex-diretor da FDE, Tirone Francisco Chadad Lanix, a quem agradeceu “pelo total envolvimento nas ações desenvolvidas durante sua gestão como os programas Escola da Família, Escola da Juventude e informatização das escolas". Tirone agradeceu ao secretário e à equipe da FDE pela confiança depositada nele durante estes dois anos de mandato.

O novo presidente da FDE, Miguel Haddad, disse ter ficado muito feliz em ver o grande número de pessoas presentes à posse e comentou: “Mais importante que a posse é como deixamos um governo. Espero que a experiência adquirida na administração da cidade de Jundiaí possa contribuir para esta nova etapa na FDE. Assumo esta missão como desafio à continuidade do trabalho que vem sendo feito pelo governo do Estado na execução das políticas educacionais”.

 

O secretário Gabriel Chalita diz por que acredita na nova administração: ”Miguel conseguiu mudar Jundiaí utilizando uma política coerente e voltada para o bem, e não será diferente neste novo desafio”.

Com um orçamento anual de R$ 700 milhões, a FDE foi criada em 1987 para ser o órgão executor da política da Secretaria Estadual da Educação, colocando em prática as ações do governo para o setor educacional. A fundação visa sempre ao crescimento e aprimoramento da rede estadual de ensino.

Miguel Haddad foi vereador, deputado estadual e prefeito por duas vezes da cidade de Jundiaí. Em sua administração, 62% do orçamento municipal foram aplicados em programas sociais. Em 2000, foi reeleito no primeiro turno para a Prefeitura, com 57,55% dos votos. Desde 1997 a cidade fecha o ano com superávit e é apontada pela Fundação Getúlio Vargas como a segunda no estado com o menor índice de pobreza.

Haddad foi convidado pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB) para assumir a diretoria executiva da fundação e aceitou o cargo porque já viveu boas experiências na área educacional, em Jundiaí.

Paola Martins