EJA - Educação de Jovens e Adultos

Sociedade Brasileira de Cardiologia forma monitores para combater doenças cardiovasculares

“SBC vai à Escola” é uma parceria com a Educação; 1ª etapa aconteceu nesta sexta (15)

sex, 15.09.2017

Funcionários da Educação passam por formação de monitores dentro do projeto “SBC vai à Escola”. O processo teve início nessa sexta-feira (15) na escola Caetano de Campos, no Cambuci, bairro da capital paulista. Trata-se de uma série de palestras onde a SBC (Sociedade Brasileira de Cardiologia) forma multiplicadores de informações sobre doenças cardiovasculares e de que forma será possível a prevenção, desde a infância e a adolescência até a idade adulta.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

O “SBC vai à Escola” é uma parceria entre a Sociedade Brasileira de Cardiologia e a Secretaria de Educação. O acordo promoverá um maior conhecimento da prevenção de doenças cardiovasculares em crianças e adolescentes para que eles possam exercer um papel transformador em suas casas e na comunidade, além de treinamento em ressuscitação cardíaca para os alunos e apoio às atividades que incentivem uma alimentação saudável na escola.

“Precisamos levar conhecimento sobre os fatores de risco para os jovens. Será muito mais produtivo conscientizar crianças e adolescentes do que no futuro tentar modificar os hábitos ruins que eles terão”, defende o coordenador do “SBC vai à Escola”, José Francisco Kerr Saraiva.

As palestras de capacitação e transmissão de conhecimento serão realizadas por cardiologistas que fazem parte do “SBC vai à Escola”. Na ocasião, Ieda Jatene falou sobre a importância do programa, Francisco Saraiva deu um panorama das doenças cardiovasculares no país, Tânia Martinez tratou de assuntos sobre a saúde do coração e a vulnerabilidade de crianças e adolescentes, entre outros palestrantes que abordaram diversos temas.