SP Educação com Saúde

img_header_sp_com_saude_620_01


O Programa SP Educação com Saúde teve seu início em janeiro de 2011 e é uma parceria entre a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo, o Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual (IAMSPE)  e Casa de Saúde Santa Marcelina (CSSM). O objetivo do programa é valorizar os servidores da Educação por meio de ações que proporcionem qualidade de vida, promoção de saúde e prevenção de agravos.

As ações são desenvolvidas nas 1.077 unidades escolares da capital e nos Centros de Orientação Multiprofissional (COM), das 13 diretorias de ensino da cidade. Ao todo, a iniciativa alcança 74,5 mil servidores.

Os serviços e atividades do programa são focadas em atender a demanda apontada por estudo realizado pelo IAMSPE, que revelou que fatores como estresse, doenças osteomusculares, disfonias e sobrepeso estão entre as principais causas de absenteísmo dos servidores da Secretaria da Educação. Por esse motivo, o programa conta com uma equipe composta por enfermeiros, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, médicos generalistas, nutricionistas e psicólogos em cada Centro de Orientação Multiprofissional, os quais atendem, não só ao quadro do magistério, mas todos os servidores da rede.

A proposta principal do programa é atuar incisivamente nas 13 diretorias de ensino da capital, contudo, suas ações repercutem para todas as 91 regionais distribuídas pelo Estado. Esse alcance é possível por meio de videoconferências e material informativo digitalizado das campanhas.

O conteúdo das ações abrange temas pertinentes à qualidade de vida, como o  autocuidado, o manejo do estresse, a alimentação saudável, a ergonomia e os cuidados com a voz, dentre outros. Aproximadamente 47 mil servidores foram beneficiados pelo programa somente no primeiro semestre de 2012, por meio dos atendimentos individuais e em grupo, nos diversos COMs sediados nas diretorias de ensino, usufruindo do serviço dos profissionais empenhados na melhoria da saúde do profissional da educação.