segunda-feira, 25/07/2011
Concursos

102 mil inscritos vão participar dos concursos para executivo público e oficial administrativo

As vagas para 245 cargos de executivo público e 1.203 de oficial administrativo serão distribuídas entre órgãos centrais e regionais da Secretaria de Estado da Educação; as provas acontecem nos dias 14 e 21 de agosto e os salários variam entre R$ 710 e R$ 2.700 Os concursos destinados ao provimento de 245 cargos de […]

As vagas para 245 cargos de executivo público e 1.203 de oficial administrativo serão distribuídas entre órgãos centrais e regionais da Secretaria de Estado da Educação; as provas acontecem nos dias 14 e 21 de agosto e os salários variam entre R$ 710 e R$ 2.700

Os concursos destinados ao provimento de 245 cargos de executivo público e 1.203 de oficial administrativo na rede estadual de ensino terão a participação de 102.760 candidatos. Entre os concorrentes, 39.770 (39%) se inscreveram para executivo público e 62.990 (61%) para oficial administrativo. As inscrições terminaram no último dia 13.

A prova para o cargo de executivo público será realizada no dia 14 de agosto e para oficial administrativo, no dia 21. Os vencimentos iniciais correspondem a R$ 2.700 e R$ 710, respectivamente. A relação candidato/vaga depende do número de inscritos por região do Estado. A lista com as vagas está disponível no edital do concurso, no site da Fundação Vunesp (www.vunesp.com.br), responsável pelo exame.

As vagas serão distribuídas entre órgãos centrais e regionais da Secretaria de Estado da Educação. Os exames vão ser aplicados no mesmo local, a ser divulgado no início de agosto no “Diário Oficial” e no portal da Vunesp.

Executivo Público

O concurso será composto por uma prova objetiva de conhecimentos gerais e específicos, um teste de redação e avaliação de títulos. Apenas a prova objetiva é eliminatória, mas todas as avaliações serão consideradas para a classificação. Além dos 245 cargos atuais, o processo seletivo também proverá outros que vagarem ou forem autorizados no decorrer do seu prazo de validade, que é de dois anos.

A carga horária para desempenho da função é de 40 horas semanais. Entre as atribuições básicas do cargo estão atividades de assistência e assessoria em unidades técnicas.

Oficial Administrativo

O concurso será composto por uma prova objetiva de conhecimentos gerais e específicos e avaliação de títulos. Apenas a prova objetiva é eliminatória. Além dos 1.203 cargos em aberto, o exame também proverá outros que vagarem ou forem autorizados no decorrer do seu prazo de validade, que também é de dois anos.

A carga horária para desempenho da função é de 40 horas semanais. Entre as atribuições básicas do cargo estão atividades de apoio técnico e/ou administrativo nas diversas áreas de atuação.

Para concorrer às vagas de executivo público é necessário ter diploma de Ensino Superior e, para os cargos de oficial administrativo, o candidato deve ter diploma do Ensino Médio. Para assumir as duas funções, o candidato deve: ser brasileiro; ter idade mínima de 18 anos completos; estar em situação regular com a Justiça Eleitoral; estar em dia com as obrigações do Serviço Militar, no caso de candidatos do sexo masculino; não registrar antecedentes criminais, achando-se no pleno exercício de seus direitos civis e políticos; ter concluído a escolaridade exigida para o cargo e possuir os documentos comprobatórios; ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo, comprovada por avaliação médica realizada em Órgão Médico Oficial do Estado de São Paulo; e ter conhecimento em informática (no caso de candidatos a oficial administrativo).