quinta-feira, 12/02/2009
Últimas Notícias

230 mil professores ganham vídeoaula e tira-dúvidas sobre novas regras ortográficas

Secretaria de Estado da Educação cria espaço virtual sobre mudanças para consulta de educadores da rede A partir de hoje, todos os 230 mil professores, além de professores-coordenadores, supervisores e diretores da rede estadual, terão acesso em tempo integral a um material voltado especificamente às novas normas de ortografia. Os educadores poderão assistir a vídeoaulas […]

Secretaria de Estado da Educação cria espaço virtual sobre mudanças para consulta de educadores da rede

A partir de hoje, todos os 230 mil professores, além de professores-coordenadores, supervisores e diretores da rede estadual, terão acesso em tempo integral a um material voltado especificamente às novas normas de ortografia. Os educadores poderão assistir a vídeoaulas sobre o Acordo Ortográfico, além de acessarem textos, manuais e tira-dúvidas. O conteúdo, organizado pela Coordenadoria de Estudos e Normas Pedagógicas (Cenp), órgão da Secretaria, está disponível no site da pasta, pelo link www.rededosaber.sp.gov.br – para consultar o material, o educador deve clicar no banner São Paulo Faz Escola.

O objetivo do material é fornecer itens de apoio e consulta para os educadores da rede. No endereço eletrônico os professores encontram o documento formulado pela Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, um guia ortográfico com as mudanças, além de matérias veiculadas pela mídia sobre o tema.

Os professores podem ainda assistir uma videoconferência que a Secretaria de Estado da Educação preparou exclusivamente sobre as novas normas. O site traz também textos de apoio e uma sessão de perguntas e respostas com as dúvidas mais frequentes.

Capacitação

No final do ano passado a Secretaria deu início a um treinamento que irá beneficiar os cerca de 230 mil educadores da rede. Cerca de 17 mil já participaram de videoconferências sobre as novas regras para a língua portuguesa. Estes educadores, de diferentes disciplinas, terão a função de difundir conhecimento em suas respectivas unidades. Os demais educadores serão capacitados ao longo do ano.

As mudanças ortográficas também foram incluídas em todo material didático produzido pela Secretaria e que serão distribuídos aos cerca de 5 milhões de alunos.

“As aulas na maior rede de educação do país começam na próxima semana, mas desde o ano passado já estamos oferecendo materiais que permitam ao professor afinidade com as mudanças. É um processo gradual, mas precisamos garantir que as novas regras sejam absorvidas corretamente”, afirma a secretária de Estado da Educação, Maria Helena Guimarães de Castro.