terça-feira, 29/05/2018
Governo do Estado de São Paulo
EJA - Educação de Jovens e Adultos

5 bibliotecas digitais espalhadas pelo mundo

O hábito da leitura leva o leitor a uma infinidade de aventuras, estimula a criatividade e aumenta a aprendizagem

Ler é uma atividade muito prazerosa, a partir do momento em que o estudante quebra a barreira desinteresse. Começar a ler deve ser algo estimulado pelos educadores, pois o hábito, por si só, é capaz de melhorar a aprendizagem das crianças. A leitura nos transporta para lugares inimagináveis, aguça a nossa criatividade e nos faz aumentar a capacidade de comunicação. Para quem ama conhecer novas histórias, a tecnologia é a melhor ferramenta para conhecer lugares ao redor do mundo sem sair de casa.

“A leitura traz cultura e conhecimento, e também diversifica o nosso saber em relação às demais culturas”, explica o estudante Caio Alvaredo Lima dos Santos. A professora Tania Tedeschi, da escola Professora Dinah Lucia Balestrero, completa as palavras de Caio. Para ela, “quem lê mais, escreve muito melhor, tem mais criatividade. E isso é muito importante!”

Conheça 5 bibliotecas com acervo digital para acessar já:

Biblioteca Digital Mundial: colaboração entre a Biblioteca do Congresso dos EUA, a UNESCO e parceiros por todo o mundo, há manuscritos, mapas, livros raros, partituras, gravações, filmes, gravuras, fotografias e desenhos arquitetônicos. A plataforma pode ser acessada em diversos idiomas. Clique e conheça.

Brasiliana USP: há livros, mapas e imagens em domínio público, frutos da doação do acervo pessoal do bibliogrago José Mindin e sua esposa Guita para a Universidade de São Paulo. Clique e conheça.

Biblioteca Digital de Obras Raras e Especiais: é possível encontrar obras levando em conta o valor histórico, a antiguidade e a não existência de outras impressões ou edições e que estão localizados nas unidades da Universidade de São Paulo. Clique e conheça.

Biblioteca do IBGE: no acervo, há monografias, mapas, publicações, fotografias, cartazes e conteúdos relacionados à documentação territorial do Brasil do do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Clique e conheça.

Biblioteca Digital do Museu Nacional: com versões disponíveis em altíssima resolução, o conteúdo está voltado para as áreas de ciências naturais e antropológicas. Clique e conheça.