quarta-feira, 24/10/2012
Imprensa

59 projetos de alunos da rede estadual estão entre os selecionados para o Parlamento Jovem Paulista

Autores dos 94 melhores trabalhos participarão de sessão parlamentar nos dias 8 e 9 de novembro na Assembleia Legislativa  Alunos da rede estadual de ensino são os autores de 59 dos 94 projetos de lei selecionados para o programa Parlamento Jovem Paulista 2012, cuja sessão especial será realizada na Assembleia Legislativa do Estado de São […]

Autores dos 94 melhores trabalhos participarão de sessão parlamentar nos dias 8 e 9 de novembro na Assembleia Legislativa 

Alunos da rede estadual de ensino são os autores de 59 dos 94 projetos de lei selecionados para o programa Parlamento Jovem Paulista 2012, cuja sessão especial será realizada na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo nos dias 8 e 9 de novembro. Os estudantes apresentarão e votarão as propostas conforme os trâmites previstos pela Casa.

Cada aluno pode inscrever um projeto de lei. Para elaborar as propostas, os estudantes escolhem um entre 12 partidos temáticos, que contemplam as áreas de Cultura, Educação, Natureza, Agricultura, Emprego, Saúde, Segurança Pública, Habitação, Esporte, Juventude, Defesa do Consumidor e Direitos Humanos.

A aluna Raquel Cristina Ferreira, da 7º Série da Escola Estadual Professor Armando Gaban, do partido da Saúde, foi selecionada com o projeto que visa à criação de um programa de educação alimentar. Essa é a sexta vez que uma aluna da unidade de Osasco é eleita deputada mirim. Além da Raquel, outros quatro deputados mirins já foram escolhidos em edições anteriores (1999, 2000, 2009 e 2010) e um aluno eleito no Parlamento Jovem Brasileiro (2008).

“Estamos felizes com a eleição de mais uma representante na Assembleia Legislativa. Mostra que vamos além da transmissão de conhecimentos, formando cidadãos. Essa é uma conquista da escola também”, afirma o professor de história da unidade, José Sebastião Rodrigues.

Essa é a 14ª edição do Parlamento Jovem Paulista. O programa foi instituído com o objetivo de proporcionar aos alunos de escolas públicas e particulares de todo o Estado a experiência de conhecer e desempenhar funções pertinentes ao cotidiano de um parlamentar.

Os jovens irão apresentar seus projetos de lei na tribuna em até três minutos. Após a apreciação na sessão especial, os projetos são publicados no Diário Oficial do Poder Legislativo. A cada ano são alternados estudantes do ciclo II do Ensino Fundamental e do Ensino Médio. Neste ano, apenas alunos do Ensino Fundamental participam. Em 2010, 60 estudantes da rede estadual tiveram seus projetos escolhidos.