quinta-feira, 01/09/2016
Ensino Fundamental

Quarta edição da Feira de Ciências recebe projetos das escolas da rede

Diretorias de Ensino devem enviar ideias selecionadas até 12 de setembro

As Diretorias de Ensino já podem enviar os projetos de destaque das escolas estaduais para a 4ª edição da Feira de Ciências. O prazo para o envio do material começa nesta quinta-feira (1ª) e se estende até o dia 12 do mesmo mês. Clique aqui para enviar o projeto.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

A iniciativa é voltada aos estudantes dos 7º, 8º e 9º anos do Ensino Fundamental e 1ª e 2ª séries do Ensino Médio. Veja o regulamento completo aqui.

O objetivo da Feira é estimular e promover a formação dos estudantes da rede estadual de ensino, no âmbito das Ciências da Natureza, inserindo-os no contexto da Pré-Iniciação Científica, com as diretrizes do Currículo Oficial do Estado de São Paulo – Área de Ciências da Natureza.

Feira revela talentos da rede

A iniciativa está em seu quarto ano consecutivo. Na última edição, recebeu projetos de 350 estudantes, com a participação de 60 Diretorias de Ensino, 191 escolas e 172 professores.  

O primeiro lugar foi concedido a Leandro Leomar Borges Rastelli, da E.E. Afonso Cáfaro, em Fernandópolis. O projeto intitulado “Comigo-ninguém-pode, muito menos o Aedes” tem como resultado final a formulação de um inseticida criado a partir da planta para o combate ao mosquito transmissor da zika, dengue e chikungunya.

Os outros dois lugares do pódio foram conquistados por estudantes dos Vales do Paraíba e do Ribeira. Com a criação de um telhado que filtre a água da chuva, os alunos da E.E. Newton Câmara Leal Barros, de Taubaté, garantiram o segundo lugar. Um grande exemplo de reciclagem, o projeto dos estudantes da E.E. Maria Santana de Almeida, do município de Sete Barras, foi o terceiro colocado da feira. Os alunos criaram um tijolo feito a partir da reciclagem de papelão e uso de bananeiras.

Jhonatan Felipe da Silva Santos, aluno da rede que cumpria medida socioeducativa na E.E Professor Augusto Lopes Borges, recebeu o prêmio na categoria revelação, com seu projeto que utilizou resíduo moído de giz escolar para corrigir a acidez do solo para vasos com plantas ornamentais.

– Clique aqui e veja a lista de vencedores da Feira de Ciências da rede estadual em 2016

#doc[1172]#