quarta-feira, 30/09/2015
Professores e Funcionários

Alckmin estende prazo de trabalho para professores substitutos

Projeto prevê que os docentes atuem na rede por até três anos

A partir do próximo ano, os docentes substitutos, que atuam mediante às faltas e licenças dos professores concursados na rede estadual, terão seu contrato de trabalho com o Estado estendido, o que possibilita lecionarem por mais tempo nas escolas. 

Será enviado ao Legislativo o projeto de Lei que prevê que os docentes substitutos atuem na rede por até três anos, dois a mais que o atual contrato. Somente após esse período terão de cumprir os 180 dias de afastamento, conforme a legislação.

Após o amplo projeto de reorganização da rede de ensino paulista, o governador Geraldo Alckmin se reuniu com quatro sindicatos e educadores e do secretário da Educação Herman Voorwald para estabelecer novos benefícios aos professores.  

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

A mudança minimiza o impacto da ausência de professores em decorrência de problemas de saúde, licenças maternidades ou mesmo por aposentadoria nas salas de aula e garante mais facilidade de gestão às escolas.

O governo do Estado já chamou cerca de 30 mil professores e, por meio da nova organização das escolas, pretende realizar novas chamadas a partir do próximo ano. A mega reorganização da rede estadual paulista prevê que já no início do ano letivo de 2016 haja redução de unidades com três ciclos de ensino (1º ao 5º do Fundamental, 6º ao 9º do Fundamental e Ensino Médio) e cresça a quantidade de escolas com apenas um ciclo.

Com escolas segmentadas por faixa etária e com foco pedagógico por ciclo de ensino, os alunos ganharão com a melhor qualidade do ensino e dos ambientes escolares.

A proposta corrobora a política de valorização dos docentes da rede paulista, que garantiu 45% em reajustes salariais nos últimos quatro anos. Além disso, somente neste ano, o governo realizou o pagamento do maior bônus de sua história, que ultrapassou R$ 1 bilhão para os profissionais das escolas que apresentaram melhorias em seus indicadores educacionais.