segunda-feira, 06/11/2017
A Escola Que Queremos

Aluna de psicologia utiliza o método de avaliação do Saresp durante os estudos na faculdade

Luana de Almeida também acredita que ir bem na prova significa melhorias para alunos futuramente

Essa semana, nos dias 8 e 9, acontece o Saresp (Sistema de Avaliação de Rendimento Escolar do Estado de São Paulo) em todas as escolas de Fundamental e Médio da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo. A ex-aluna da rede, Luana de Almeida, que hoje estuda Psicologia na Universidade 9 de Julho, carregou o método de avaliação até as salas da faculdade, alavancando resultados mais favoráveis na aprendizagem.

– 10 coisas que você precisa saber sobre o Saresp

– Assista a videoconferência e tire todas as dúvidas sobre o Saresp 2017

– Assista a videoconferência que explica como funciona a atividade “Conhecendo o Saresp”

“Eu peguei como base a forma de auto avaliação do Saresp para usar na faculdade, mas de uma forma diferente. Durante o semestre, eu uso um aplicativo no qual um amigo meu escreve as perguntas e as alternativas, assim eu vou aprendendo, fazendo como se fosse uma provinha para saber o que eu sei daquele assunto para não me dar mal depois no final de semestre”, explica Luna de Almeida.

A finalidade do Saresp é produzir um diagnóstico da situação da escolaridade básica paulista, orientando assim os gestores do ensino no monitoramento das políticas voltadas para a melhoria da qualidade educacional.

No Saresp, os alunos do 3º, 5º, 7º e 9º anos do Ensino Fundamental e da 3ª série do Ensino Médio têm seus conhecimentos avaliados por meio de provas com questões de Língua Portuguesa e Matemática.