segunda-feira, 22/12/2014
Boas Práticas

Selecionado para intercâmbio nos EUA, aluno encontra embaixadora americana no Brasil

O estudante Henrique Ferreira Vaz, da E.E. Dr. Ernesto Fonseca, passará três semanas no exterior

O estudante do Ensino Médio Henrique Ferreira Vaz, da escola estadual Dr. Ernesto Fonseca, em Chavantes, vivenciou em dezembro uma experiência única em sua vida. Um dos selecionados para participar do programa Jovens Embaixadores, o estudante foi convidado pela embaixadora dos Estados Unidos no Brasil, Liliana Ayalde, para um almoço.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

Além de ter a honra de conhecer e almoçar com a embaixadora, o jovem pôde conversar sobre diversos temas, desde cultura a educação no Brasil e no país americano. “O encontro foi muito especial, pois conversamos sobre aspectos sociopolítico-econômicos relativos ao Brasil e aos Estados Unidos, além de debatermos sobre educação e a cultura dos dois países”, conta o jovem.

Mas para tal convite ser feito, o estudante teve de provar que é bom de inglês e ótimo aluno na escola. O processo seletivo para participar do programa consistiu em quatro etapas. Na primeira, além de atestar que era fluente em inglês, o jovem teve de mostrar que tinha bom rendimento na escola, possuia perfil de liderança, e explicar o desenvolvimento de algum trabalho voluntário que participa.

A segunda fase consistiu em um teste escrito em inglês, que foi realizado na Diretoria de Ensino de Ourinhos. A terceira e a quarta fases consistiram em uma prova oral em inglês, além da visita dos aplicadores do programa em sua residência.

Após passar por todas as fases, o estudante foi selecionado para o intercâmbio, recebendo então o convite para o almoço com a embaixadora. “Eu estava bem tranquilo quanto ao que iria falar com ela, pois durante o processo de seleção já havia aprendido muito sobre os tópicos que seriam abordados. A minha ansiedade deu-se mais por conta de conhecer uma pessoa que possui influência internacional”. A conversa, segundo Henrique, foi realizada em inglês e português. “Ela nos orientou sobre como devemos agir quando estivermos nos Estados Unidos, além de ter contado muito sobre a cultura e os costumes dos americanos”, revela.

Em janeiro, Henrique viaja rumo aos Estados Unidos para um intercâmbio de três semanas, oferecido para os alunos selecionados pelo programa. E o estudante não esconde a ansiedade. “Acredito que esse programa me proporcionará ainda mais fluência na língua, além de abrir um leque de oportunidades sociais, culturais e profissionais. Estou ansioso e preparado”, finaliza o jovem embaixador.

O Programa

Criado em 2002 pela Embaixada Americana no Brasil, o Programa Jovens Embaixadores beneficia alunos brasileiros da rede pública e que são exemplos em suas comunidades por meio de sua liderança, atitude positiva, desempenho escolar e conhecimento da língua inglesa.

Os estudantes selecionados pelo processo seletivo ganham uma viagem para os Estados Unidos para um programa de três semanas de intercâmbio onde visitam a capital do país, seus principais monumentos além de participarem de reuniões em organizações dos setores público e privado.