segunda-feira, 16/12/2019
Boas Práticas

Alunos da rede estadual criam carro movido a luz solar durante as aulas da eletiva “Geração Solar”

Para construir o carro, os alunos ainda estudaram noções de elétrica, mecânica e legislação de trânsito

O que acontece quando estudantes do 6º e 7º ano de uma escola em São Miguel Paulista, na Capital, decidem ajudar a preservação do meio-ambiente construindo, do zero, algo que geralmente leva tempo e uma estrutura imensa como uma montadora? Pois na Escola Estadual Deputado Manoel de Nobrega, a ideia de construir um carro com energia solar animou os estudantes, que apresentaram para a comunidade o resultado da engenhoca em junho.

Além do carro, na apresentação  estiveram presentes representantes de grandes empresas da região que se envolveram no projeto por meio de doações que pudessem contribuir com a realização do projeto, que foi todo realizado por meio de doações e venda de materiais para aquisição de equipamentos.

Para construir o carro, os alunos estudaram sobre as leis de trânsito, mecânica, elétrica e design. E antes de se envolverem na parte prática, os alunos ainda construíram uma maquete com papelão e palitos de churrasco. Para que o carro funcione, os alunos instalaram uma placa solar que está conectada a bateria do carro que é recarregada por meio da rotação de uma parafusadeira.

Tudo começou numa eletiva

O início do projeto foi na eletiva “Geração Solar” da escola, que é PEI – Programa de Ensino Integral. A eletiva foi selecionada pelos 35 estudantes participantes, que tiveram instruções dos professores de ciências, matemática e artes. “Eletivas são novas formas de aprendizagem. É o desenho do aluno com o aperfeiçoamento dos professores”, explica o secretário executivo Haroldo Rocha.

A partir de 2020, todas as escolas terão eletivas. O conjunto de Eletivas oferecidas em uma escola será definido a partir do levantamento das necessidades e dos anseios dos estudantes e das possibilidades de oferta dos professores. Cada escola organizará um “Feirão de Eletivas” no início do ano, para que todos discutam conjuntamente quais serão as Eletivas ofertadas, com base nos interesses e projetos de vida dos estudantes e nas formações e vocações dos professores.

“Iremos apoiar o processo disponibilizando um cardápio com algumas opções de Eletivas a partir do levantamento de experiências de sucesso da rede, como essa de geração solar”, pontua o coordenador da COPED, Caetano Siqueira.

O carro fez sucesso na apresentação e agora inspira outras escolas a fazer o mesmo. Popular em São Miguel, por enquanto a oferta de carros elétricos no Brasil ainda é pequena. Um cenário que tem tudo para mudar se depender das turmas na Escola Estadual Deputado Manoel de Nobrega.