segunda-feira, 12/01/2015
Evesp

Alunos da rede estadual têm nove opções de cursos gratuitos para fazer durante as férias

Secretaria da Educação oferece aulas virtuais de idioma, programação digital e tecnologia

Durante o período de férias escolares, os alunos da rede estadual de ensino têm a oportunidade de realizar um dos nove cursos de extensão oferecidos pela Educação.

Entre as aulas virtuais disponíveis estão as de inglês, espanhol, Libras, programação digital, além dos cursos pré-universitário, Khan Academy e Youtube Edu, parceria com a Fundação Lemann e o curso inédito de tecnologia, parceria com a Microsoft.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

No “It Academy“, por exemplo, o aluno aprende a utilizar ferramentas como World, Excel, Power Point e OneNote em três níveis de dificuldade: básico, intermediário e avançado. A duração das aulas varia de acordo com a disponibilidade de cada aluno para realizar os exercícios. O conteúdo foi elaborado para auxiliar os estudantes na realização de trabalhos escolares e para complementar o currículo para o mercado de trabalho.

Além das atividades pedagógicas, a plataforma também disponibiliza o game “Defesa Civil: A Aventura“. Nele, os alunos têm a missão de tornar seguros os ambientes virtuais, que reproduzem situações reais. Atuando com um avatar, o personagem “Guto”, eles são levados a áreas abertas em dias de chuva, construções próximas a encostas e uma casa com ‘armadilhas’, como panela de pressão mal utilizada, caixa d’água aberta e lixo jogado em local inadequado.

A plataforma da Escola Virtual de Programas Educacionais (Evesp) reúne todo o conteúdo de atividades e fica à disposição 24h por dia. Para utilizá-la, basta informar o número de registro do aluno (R.A). Quem já foi estudante da rede estadual também tem acesso livre e gratuito aos cursos de idioma e de formação.

“Os alunos podem utilizar o período de férias para reforçar seus conhecimentos e adquirir novos aprendizados. Como a plataforma é online, eles podem acessá-la de qualquer computador. Assim, eles aproveitam os dias de descanso para aprender de forma lúdica e interativa”, aponta a coordenadora da Evesp, Ana Carolina Lafemina.