segunda-feira, 03/08/2015
Pais e Alunos

Alunos da rede estadual voltam às aulas hoje e terão avaliação de desempenho

Escolas participam de mais uma edição do monitoramento de Aprendizagem em Processo

Nesta segunda-feira (3), cerca de 4 milhões de alunos da rede estadual paulista retornam às salas de aula após recesso de julho. E a volta das atividades será marcada também pela nova edição da Avaliação de Aprendizagem em Processo (APP).

Obrigatório em todas as escolas com classes do 2º do ano do Ensino Fundamental à 3ª série do Ensino Médio, o exame tem como objetivo diagnosticar o desempenho dos alunos no primeiro semestre e apontar estratégias para o aprendizado até o fim do ano letivo.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

A orientação da Educação é que as unidades apliquem as provas entre 3 e 7 de agosto. A direção das escolas tem autonomia para definir o melhor horário e dia da semana. A avaliação inclui questões Língua Portuguesa e Matemática, propostas pelo Currículo do Estado de São Paulo. O conteúdo exigido nas provas varia de acordo com o ciclo de ensino.

Para garantir a precisão dos dados obtidos nos exames, todos os professores têm à disposição o manual “Comentários e Recomendações Pedagógicas”. Com ajuda do documento, os educadores poderão identificar em quais disciplinas os alunos apresentam um bom rendimento e, no caso das dificuldades, como melhorar o aprendizado. Os resultados são utilizados exclusivamente pelas escolas e educadores e não serão divulgados em público.

Sobre a Avaliação de Aprendizagem e Processo

O exame é aplicado duas vezes ao longo do ano letivo, nos meses de fevereiro e agosto, para alunos a partir do 2º Ano do Ensino Fundamental e todas as séries do Ensino Médio, totalizando um número superior a 3,9 milhões de participantes.

Os índices extraídos são utilizados pela Educação para produzir orientações aos educadores, desenvolver programas e projetos que atuem nas dificuldades dos alunos. Nas escolas, os educadores recebem o manual “Comentários e Recomendações Pedagógicas”, desenvolvido por especialistas da Pasta, que contém sugestões de trabalho para cada etapa da escolaridade. Saiba mais aqui.