sexta-feira, 13/11/2015
Pais e Alunos

Alunos da rede se mobilizam para o “Dia E” neste sábado

As cinco mil escolas da rede realizarão atividades para pais e alunos

Alunos da rede estadual de ensino estão se mobilizando para o grande encontro, chamado de “Dia E”, que será realizado neste sábado (14) em todas as 5 mil unidades. A intenção da Educação é aproximar e integrar estudantes, professores, funcionários e pais de cada escola, devido a reorganização escolar, que entrará em vigor no próximo ano de 2016.

– Confira aqui a página exclusiva da reorganização.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

Ao som de músicas clássicas, os convidados da E.E. Armando Bellegard, localizada na cidade de Bertioga, litoral paulista, serão recebidos pelos alunos que apresentarão oficinas de violino. Durante o encontro, ocorrerá também uma apresentação de judô. As atividades são realizadas pelos alunos no contraturno das aulas regulares.

Os estudantes da E.E. Doutor Carlos Guimarães, localizada no município de Santa Cruz das Palmeiras, prepararam uma carta para os novos alunos. “Estamos muito felizes por ter vocês aqui e que juntos vamos dividir esta escola”, destacam os alunos.

“Queremos que vocês se sintam sendo parte deste lugar tão especial, que logo estará mais alegre e mais bonito, repleto de rostos novos e diferentes”, completam.

Na E.E. Professora Célia Keiko Ikeda, de Pindamonhangaba, um vídeo de acolhimento será exibido para pais e alunos transferidos.  A equipe gestora também vai apresentar todos os espaços da escola para os convidados.

Vale destacar que os pais e responsáveis devem se dirigir às unidades onde o aluno está matriculado em 2015 para participar do “Dia E”. Os horários das reuniões foram definidos pela direção e cartazes foram fixados nas unidades com informações.

Diálogo com a rede

Para chegar ao novo cenário, a Educação ouviu dirigentes e educadores que atuam em cada região e, assim, traçou o projeto final. O declínio da população em idade escolar (hoje são quase 2 milhões a menos em relação a 1998) e as vantagens pedagógicas de unidades de um segmento foram os principais critérios utilizados pela Secretaria para validar a reorganização.