quinta-feira, 16/08/2018
Divulgação
Boas Práticas

Alunos de São José do Rio Preto criam campanha Varal Solidário

A ação está em sua 3ª edição e visa arrecadar roupas e cobertores em bom estado para a população da região

Campanha Varal Solidário, da escola Pio X, aqueceu mais um inverno em São José do Rio Preto. A ação que está em sua 3ª edição visa arrecadar roupas e cobertores em bom estado para a população da região.

Neste ano, entre os meses maio e junho, a professora responsável pelo projeto Marcia Alessandra da Silva de Sena, mobilizou alunos, comunidade, docentes, diretores em prol da solidariedade. “Aquecer os corações das pessoas desconhecidas não tem preço, é um projeto muito enriquecedor que nos traz muita alegria e amor ao próximo”, disse.

E para a ação alcançar muitas pessoas, a professora Marcia fez uma campanha intensa nas mídias, nas redes sociais e nos comércios da região.

E a ação não parou por aí. O tema solidariedade também foi parar nas aulas de Filosofia, Sociologia, História, Língua Portuguesa. “Mostramos para os alunos que eles precisam ser humildes e solidário”, explica a docente.

Depois de dois meses arrecadando as roupas, alunos e professores montaram o varal solidário na calçada da escola e deixaram as roupas expostas durante o dia para quem precisasse de alguma peça. “Eu vi um pouco da realidade e que a gente reclama demais, reclamando do que nós temos. O que para eles é muito para gente é pouco. E isso mudou muito na minha vida, porque eu reclamava demais do que eu tinha e vi que eu tenho tudo”, conta a aluna Beatriz Souza.

A maioria das peças foram doadas durante a ação e tudo que sobrou foi entregue ao asilo do bairro. “E depois do varal nós levamos a roupas que sobraram no asilo e que também foi muito gratificante, porque a gente estava ajudando o próximo com coisas que não iam fazer diferença na nossa vida e mudou muita coisa pra eles”, completa.

A aluna Ana Boer, da 3ª série do Ensino Médio, também aprovou a ação solidária. “Eu gostei muito da participação do Varal Solidário, a oportunidade de ajudar o próximo é sempre bom e depois eu tive a oportunidade de conhecer o asilo e gostei bastante”, disse.

A programação foi encerrada com um debate entre alunos e professores. Eles trocaram experiências e compartilharam sentimentos. “Os alunos trocaram experiência, o que eles sentiram na pele. E eles vão aprendendo um com o outro”, finaliza a professora responsável pelo projeto Marcia Alessandra.