segunda-feira, 26/09/2016
Ensino Fundamental

Estão abertas inscrições para vagas remanescentes da Feira de Ciências das escolas estaduais

Diretorias de Ensino devem enviar os projetos até o dia 4 de outubro

A 4ª edição da Feira de Ciências das Escolas Estaduais de São Paulo recebe até o dia 4 de outubro, inscrições para vagas remanescentes. As Diretorias de Ensino devem enviar os projetos por e-mail. A iniciativa é voltada aos estudantes dos 7º, 8º e 9º anos do Ensino Fundamental e 1ª e 2ª séries do Ensino Médio. Clique aqui para enviar o projeto.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

Clique aqui e veja os projetos participantes da quarta edição da Feira de Ciências.

O objetivo da Feira é estimular e promover a formação dos estudantes da rede estadual de ensino, no âmbito das Ciências da Natureza, inserindo-os no contexto da Pré-Iniciação Científica, com as diretrizes do Currículo Oficial do Estado de São Paulo – Área de Ciências da Natureza.

Para mais informações sobre a competição, leia o regulamento.

Feira revela talentos da rede

Na última edição, a Feira de Ciências recebeu projetos de 350 estudantes, com a participação de 60 Diretorias de Ensino, 191 escolas e 172 professores. O primeiro lugar foi concedido a Leandro Leomar Borges Rastelli, da E.E. Afonso Cáfaro, em Fernandópolis. O projeto intitulado “Comigo-ninguém-pode, muito menos o Aedes” tem como resultado final a formulação de um inseticida criado a partir da planta para o combate ao mosquito transmissor da zika, dengue e chikungunya.

Os outros dois lugares do pódio foram conquistados por estudantes dos Vales do Paraíba e do Ribeira. Com a criação de um telhado que filtre a água da chuva, os alunos da E.E. Newton Câmara Leal Barros, de Taubaté, garantiram o segundo lugar. Um grande exemplo de reciclagem, o projeto dos estudantes da E.E. Maria Santana de Almeida, do município de Sete Barras, foi o terceiro colocado da feira. Os alunos criaram um tijolo feito a partir da reciclagem de papelão e uso de bananeiras.

Jhonatan Felipe da Silva Santos, aluno da rede que cumpria medida socioeducativa na E.E Professor Augusto Lopes Borges, recebeu o prêmio na categoria revelação, com seu projeto que utilizou resíduo moído de giz escolar para corrigir a acidez do solo para vasos com plantas ornamentais.

Clique aqui e veja a lista de vencedores da Feira de Ciências da rede estadual em 2016.