sexta-feira, 22/05/2015
Professores e Funcionários

Atenção, professores: está aberta a consulta pública para o novo Plano Estadual de Educação

Educadores podem contribuir, por meio da Intranet, até o dia 9 de junho

A partir desta sexta-feira (22), os 300 mil educadores e funcionários da rede de ensino paulista poderão participar da consulta do novo Plano Estadual de Educação. O documento, elaborado pelo Fórum Estadual de Educação, reúne as 20 metas que vão subsidiar estratégias para a educação básica, ensino superior e profissional nos próximos 10 anos em São Paulo. O referendo estará disponível na Intranet da Educação até 9 de junho e é aberto para sugestões ou mudanças de servidores das 91 Diretorias de Ensino.

Para saber mais, acesse a intranet da Educação

O Plano Estadual de Educação segue as determinações propostas pela Lei nº 13.005/2014 e será encaminhado, em junho, à Assembleia Legislativa para aprovação dentro do prazo previsto pelo Ministério da Educação. Para a construção do texto, o Fórum convidou 73 entidades representativas do magistério, funcionários, instituições privadas e pesquisa. Juntos eles definiram as metas e, no último mês de março, enviaram a proposta a apreciação da Secretaria da Educação e do Conselho Estadual.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

Entre os tópicos em debate para consulta estão: a alfabetização de todas as crianças paulistas até o 2º ano do Ensino Fundamental – no Estado 98,7% dos alunos de até 7 anos já sabem ler e escrever. Consta ainda a ampliação do número de matrículas e aprimoramento da educação integral, a elevação da escolaridade dos adultos, o aumento do acesso ao ensino superior e ampliação da proporção de pós graduação no Estado. Está em debate ainda a aproximação do estado paulista dos países desenvolvidos até 2027.

“A Secretaria da Educação dá um novo passo e convida, mais uma vez, a rede para construir em conjunto um plano a fim de aprimorar e avançar o ensino dos alunos paulistas. Foi assim, nos últimos quatro anos, quando recebemos mais de 5 mil sugestões para elaboração do programa ‘Educação – Compromisso de São Paulo, que resultou no plano de carreira inédito para os nossos professores”, afirma o secretário da Educação, Herman Voorwald.

Planos municipais de educação

Além da construção do plano estadual, a Secretaria da Educação também assessora o trabalho nos municípios. O principal objetivo é dar assistência técnica para a elaboração e validação das metas e estratégias das cidades da região metropolitana, litoral e interior paulista. A ideia é utilizar o conhecimento acumulado para identificar e propor políticas educacionais nessas regiões.