quinta-feira, 03/11/2005
Últimas Notícias

Bolsa Mestrado leva professores da rede pública estadual para formação continuada na Universidade de Londres

33 professores passarão quatro meses em Londres, na fase inicial do curso, que será concluído no Brasil Segunda-feira, dia 7 de novembro, a vida de 33 professores da rede pública estadual de ensino ganha um novo sentido. Eles estarão em Londres, Inglaterra, começando o Programa Bolsa Mestrado, oferecido pela Secretaria de Estado da Educação como […]

33 professores passarão quatro meses em Londres, na fase inicial do curso, que será concluído no Brasil

Segunda-feira, dia 7 de novembro, a vida de 33 professores da rede pública estadual de ensino ganha um novo sentido. Eles estarão em Londres, Inglaterra, começando o Programa Bolsa Mestrado, oferecido pela Secretaria de Estado da Educação como uma opção de formação continuada, de caráter presencial e à distância. O objetivo do curso, em parceria com o Instituto de Educação da Universidade de Londres, é formar “profissionais reflexivos”, que têm uma consciência sobre as relações entre teoria e prática, e com base nessa experiência encontrar rumos mais eficientes na construção dos processos de aprender e ensinar.

O projeto Bolsa Mestrado terá duração de um ano acadêmico, sendo que a sua primeira fase será realizada na Universidade de Londres, num período de quatro meses, a começar na próxima segunda-feira. Inicialmente, os professores terão um curso preparatório de inglês, com carga horária de 30 horas semanais, com término em 28 de fevereiro de 2006. Posteriormente, haverá o suporte de orientação no Brasil, presencialmente a cada dois meses, pela equipe da Universidade de Londres, e uma mediação pedagógica à distância.

O curso totalizará 360 horas e no seu decorrer os professores desenvolverão quatro ensaios com cinco mil palavras cada um e uma dissertação com vinte mil palavras. Os módulos do mestrado cursados em Londres, no período de janeiro e fevereiro de 2006, que totalizarão 180 horas, são:

Ø Métodos de pesquisa – 30 horas;

Ø Valores na Educação – 30 horas;

Ø Gestão educacional – 30 horas;

Ø Formação de Professores – 30 horas;

Ø Dissertação – 60 horas.

Para se candidatar ao Programa Bolsa Mestrado, os professores devem preencher alguns requisitos mínimos, que têm caráter eliminatório. Entre eles, destacam-se:

· Ser professor de Educação Básica II – PEB II – titular de cargo do Q.M. e estar atualmente em sala de aula na Rede Pública Estadual;

· Atuar em sala de aula na rede pública estadual nos últimos três anos;

· Estar a mais de oito anos para completar o tempo necessário para sua aposentadoria em qualquer de suas modalidades;

Apresentar alguns resultados de exame de proficiência em Língua Inglesa, detalhados no site da Secretaria de Estado da Educação (www.educacao.sp.gov.br), onde também os interessados encontram todas as informações necessárias sobre o programa.