sexta-feira, 11/04/2014
Professores e Funcionários

Candidatos à promoção do quadro de apoio podem conferir alterações no gabarito

Questões anuladas serão consideradas corretas para todos os candidatos da mesma classe

Os servidores que realizaram a prova de promoção do Quadro de Apoio Escolar devem ficar atentos às novidades sobre o processo. Foi divulgada uma alteração no gabarito da avaliação.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

A questão 17 da prova de agente de organização escolar, referente à área de Gestão de Atendimento aos Alunos foi anulada. A pergunta de número 17 da área de Gestão Estratégica de Pessoas e de Recursos Humanos, também do exame para agentes de organização, foi a segunda questão anulada.

As questões anuladas serão consideradas corretas para todos os candidatos dessa categoria. Vale destacar que, para as demais questões, fica mantido o que foi divulgado nos gabaritos publicados no Diário Oficial do Estado no dia 1º de abril.

Promoção

Destinada aos agentes de serviços, agentes de organização e secretários de escolas aptos a participar, a prova foi realizada nos municípios-sede das 91 diretorias de ensino e contou com duas partes, uma objetiva e outra dissertativa.

– Confira aqui o gabarito 
– Confira aqui o edital 

Puderam participar os servidores que preencheram alguns pré-requisitos como: ter um mínimo de cinco anos de efetivo exercício, cumprir taxa mínima de assiduidade, possuir certificado de Ensino Médio ou equivalente – para os cargos de agente de serviços escolares e agentes de organização escolar – e diploma de graduação de nível superior – nos casos dos secretários de escola.

A prova de promoção para o Quadro de Apoio está prevista para acontecer a cada dois anos. Com a medida, esses profissionais poderão ter percentual de aumento de 20% para os agentes de serviços escolares e 35% para os agentes de organização escolar e secretários de escola.

O processo de promoção por mérito para servidores faz parte das ações da Educação para a valorização dos funcionários. Os educadores da rede estadual já participam de processo semelhante e desde o início da ação, em 2010, já foram mais de 100 mil professores, diretores e coordenadores promovidos.