quinta-feira, 12/07/2012
Últimas Notícias

Cartilhas de prevenção ao bullying chegam às escolas

Na E.E. Clemente Quaglio, na zona leste da capital, o novo material está apoiando as ações da unidade no combate à violência As 5,3 mil escolas da rede já estão recebendo as cartilhas de prevenção ao bullying. A distribuição de 250 mil exemplares para os professores faz parte da campanha “Bullying. Curta Outra Ideia”, lançada […]

Na E.E. Clemente Quaglio, na zona leste da capital, o novo material está apoiando as ações da unidade no combate à violência

As 5,3 mil escolas da rede já estão recebendo as cartilhas de prevenção ao bullying. A distribuição de 250 mil exemplares para os professores faz parte da campanha “Bullying. Curta Outra Ideia”, lançada pelo Governo do Estado no dia 13 de junho.

Na E.E. Clemente Quaglio, na zona leste da capital, a chegada do novo material já serviu como base para novas ideias. “Apesar de nós já abordarmos a questão do bullying com os alunos, essa cartilha traz conceitos que, muitas vezes, não são tratados na escola. Conceitos esses, que são desconhecidos para os alunos também”, afirma Márcia Regina Serra, coordenadora pedagógica da unidade.

Em conjunto com os projetos que já são realizados pela escola, os temas trazidos pela cartilha são inseridos na realidade do aluno. “Cada professor tem uma estratégia diferente para tratar do assunto. Nós levamos as cartilhas para a sala de aula e o aluno pode ver o material e tirar dúvidas com o professor”, conta Rita de Cássia Trofelli, coordenadora pedagógica.

Para Márcia Conrad, professora de Matemática, um dos principais benefícios da cartilha é a proximidade do texto com a realidade dos jovens. “O material tem uma linguagem fácil, inclusive, escrita por uma profissional que trabalha com esse tema. As informações são contextualizadas, o que facilita para o professor e, também, para o aluno”, comenta.