sexta-feira, 06/07/2012
Últimas Notícias

Com inscrições abertas, cursos da Retec são diferencial para alunos

Estudantes da E.E. Ministro Costa Manso, na zona sul da capital, falam sobre os benefícios do curso de informática, um dos mais procurados pelos jovens A grande procura dos jovens pelo curso de informática reflete a realidade do mercado, cada vez mais aquecido no setor. Com inscrições abertas até o dia 13 de julho, a […]

Estudantes da E.E. Ministro Costa Manso, na zona sul da capital, falam sobre os benefícios do curso de informática, um dos mais procurados pelos jovens


A grande procura dos jovens pelo curso de informática reflete a realidade do mercado, cada vez mais aquecido no setor. Com inscrições abertas até o dia 13 de julho, a área está em terceiro lugar no ranking de procura da Rede Ensino Médio Técnico (RETEC). Para o estudante Leonardo Alves Souza, de 15 anos, aluno da E.E. Ministro Costa Manso, na zona sul de São Paulo, que ingressou na primeira turma da RETEC, a corrida por uma vaga tem sentido, pois o curso representa um diferencial para seu futuro profissional.

“Acredito que será mais fácil para conseguir um emprego, pois com o curso eu já terei conhecimento na área mesmo antes de fazer uma faculdade”, afirma Leonardo.  Além da área escolhida pelo jovem, o programa oferece cursos de administração, logística, marketing, eventos, mecânica, química e eletrônica, entre outros. Em sua segunda modalidade, a concomitante, aquela na qual o aluno faz o curso técnico em uma instituição parceira no contraturno das aulas regulares, a Rede Ensino Médio Técnico oferece cursos em 60 áreas de formação diferentes.

Poder escolher entre tantos setores e começar, desde o Ensino Médio, a preparação para enfrentar o acirrado mercado de trabalho é um dos benefícios encontrados pelos estudantes que optaram por ingressar no Ensino Médio Técnico. “Durante o curso, eles já podem trabalhar em empresas como estagiários na área de informática e terão a oportunidade de serem efetivados”, comenta Romeu Afecto, coordenador do curso na E.E. Ministro Costa Manso. De acordo com Afecto, a dinâmica das aulas contribui para preparar os jovens para o ambiente profissional. “Hoje em dia, o curso técnico tem uma especialização que, em muitos casos, é melhor do que a de uma faculdade”, garante.

Para a estudante Lara Oliveira, não foi preciso nem esperar o momento de buscar um emprego para conhecer os pontos positivos da formação técnica. “Eu sempre gostei da informática e tenho certeza de que é a carreira que quero seguir. Com o curso, eu estou aprendendo muito e já posso dizer que estou melhor na profissão que escolhi”, conta.