segunda-feira, 14/10/2013
Boas Práticas

Com projeto de dança contemporânea e teatro, professora de arte conquista dois prêmios

Na Semana do Professor, conheça Carmem Machado, finalista do Prêmio Victor Civita "Educador do Ano"

Com um guarda-chuva na mão, os alunos se equilibram, fazendo de folhas secas uma corda bamba. Cada passo é concentrado, como se antecedesse uma longa jornada. Munidos de fotos da infância, eles avançam em direção da plateia e juntos relembram episódios marcantes. O mergulho em tantas histórias embala, com um sentimento de nostalgia, o restante da apresentação da peça teatral.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

O cenário para a apresentação é a E.E. Professor Benedicto Leme Vieira Neto, em Salto de Pirapora, onde é desenvolvido o projeto de teatro e dança contemporânea “Sentiver – inspiração, conteúdo e leveza”, com alunos do Ensino Fundamental. “É uma apresentação que traz muita emoção para quem está assistindo”, diz Elisandra de Abreu, mãe da estudante Tainara Abreu de Barros.

A responsável pela iniciativa é a professora de arte Carmem Machado, que conquistou com a ação o XVI Prêmio Arte na Escola Cidadã e o título de Educador Nota 10, da Fundação Victor Civita. Ela também foi finalista do Prêmio “Educador do Ano” da instituição.

O projeto é desenvolvido há 7 anos, tempo usado para familiarizar os alunos com a linguagem corporal e conceitos de autoconhecimento. Inspirada nas memórias da classe, a professora escreveu uma peça de teatro com a temática da infância. Ganhar dois prêmios surpreendeu a educadora. “Com esses prêmios, toda a comunidade ganha. É um incentivo para outros professores acreditarem que também é possível”, diz Carmem.

Laços familiares

Antes de participar do projeto, o temperamento forte era a característica registrada de Thaís Eduarda Oliveira Silva. As aulas de teatro ensinaram a estudante a conviver com as diferenças e fazer novos amigos. “A professora Carmem conversou muito comigo, isso me ajudou. Ela é como uma segunda mãe”, diz Thaís.

A mudança no comportamento é atestada pela mãe da aluna. “Ela mudou no geral. Costumo dizer que cresceu brincando com a professora”, afirma Elza Aparecida de Oliveira.

“Não foco só o ensino e a aprendizagem dentro da escola, mas na formação do ser humano com caráter, amizade e respeito”, explica Carmem.

Educador do ano

As professoras Carmem Machado, da E.E. Professora Benedicto Leme Vieira Neto, e a professora de biologia Karina Drude Puga Rui, da E.E. Maria Falconi de Felício, estão entre os dez vencedores no prêmio do “Educador Nota 10”.