segunda-feira, 18/05/2015
Alimentação Escolar

Começa a semana contra o desperdício de alimentos na rede estadual

Técnicas de compostagem e dicas de reciclagem são algumas das atividades indicadas

A partir desta segunda-feira (18), começa na rede estadual paulista a semana especial contra o desperdício de alimentos. A orientação da Educação é para que as escolas estaduais realizem atividades para alertar os alunos sobre o desperdício e propor alternativas para consumir o que sobra do almoço e jantar em nossas casas. As atividades seguem até a próxima sexta-feira (22).

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

Cada escola teve espaço para organizar a sua própria programação das aulas de “culinária consciente”, de acordo com a faixa etária e o perfil da unidade (zona urbana ou rural). Uma das atividades que a Educação propôs para ser trabalhada em sala de aula é a da técnica de compostagem, processo em que o lixo orgânico é transformado em adubo. Além de entender as inúmeras vantagens para o meio ambiente, os alunos também vão aprender a construir uma “composteira”.

Outra ação indicada pela Educação é mostrar a crianças e jovens como as cascas de frutas e legumes podem render um prato saboroso e nutritivo. E mais: podem até virar uma atividade extra, como a produção de geleias. As receitas e as dicas foram elaboradas pelo Departamento de Alimentação e Assistência ao Aluno (DAAA) e repassadas às equipes das escolas.

Na rede estadual, os alunos tem à disposição diariamente um cardápio rico em vitaminas e com baixo teor de açúcar e sódio. Além disso, algumas escolas já mantêm hortas utilizadas para o aprendizado e abastecimento dos refeitórios. A sugestão é que os estudantes façam pesquisas sobre as partes mais utilizadas e as descartadas (talos, folhas, raízes) na hora da preparação.

“A saúde também é o foco da Educação. No início do ano, a Secretaria lançou um novo site interativo que oferece mais de 100 receitas saudáveis e fáceis de fazer, todas presentes nas escolas estaduais. O guia virtual traz opções divididas entre sobremesas, datas comemorativas, bebidas, saladas, guarnições, pratos-base, pratos principais e até sopas”, explica o secretário da Educação, Herman Voorwald.

Merenda para todos na rede

Todas as 5 mil escolas da rede estadual são beneficiadas com o programa Alimentação Escolar. Alunos contam com uma merenda de qualidade fornecida de maneira centralizada e descentralizada.

O interessado em saber mais sobre a merenda escolar pode acessar uma página exclusiva preparada pela Educação sobre a Alimentação Escolar. Nela, estão disponíveis números, vídeos, entre outras informações do programa.