quarta-feira, 01/11/2017
Ensino Fundamental

Começou! Olimpíada testa conhecimentos em Matemática dos alunos do Fundamental

E.E. Alfredo Paulino recebeu representantes dos países que compõe o BRICS para o lançamento oficial da competição, nesta terça (1º)

Foi dada a largada para a primeira BricsMatch, Olimpíada de Matemática para alunos do Ensino Fundamental de países que compõem o BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul). Até 15 de novembro, os estudantes são convidados a testar seus conhecimentos na disciplina por meio da plataforma interativa, Dragonlearn. Participaram da cerimônia oficial de lançamento da Olimpíada, nesta terça-feira (1º), na E.E. Alfredo Paulino, o Secretário da Pasta, José Renato Nalini, a porta-voz da Olimpíada, Ekaterina Zotova, e o diretor da Dragonlearn, Frederico Faria.

Na cerimônia de lançamento, os estudantes da unidade de ensino tiveram 60 minutos para responder 8 exercícios interativos, dinâmicos e em uma linguagem atrativa aos pequenos. “Eu achei bem divertido porque nos ensina muitas coisas de matemática. Foi um pouquinho difícil, mas deu”, disse a aluna Sofia de Haro Coelho.

Para Rosangela Aparecida Valim, coordenadora da Coordenadoria de Gestão da Educação Básica (CGEB), a Olimpíada vai aproximar os estudantes da disciplina. “Tenho certeza de que todos os alunos do Estado de São Paulo vão olhar a matemática de uma forma mais agradável”, disse.

“A gente trabalha com modelos matemáticos muito visuais. Então, apresentamos situações do dia a dia das crianças de forma que eles tenham mais facilidade para resolver os exercícios”, explicou o diretor da Dragonlearn, Frederico Faria.

Sobre a Olimpíada

Para participar da Olimpíada gratuitamente, os professores devem cadastrar seus alunos, que farão os testes em um computador ou tablet com acesso à internet. Clique aqui para inscrever a sua turma.

Na plataforma, o aluno terá 60 minutos para resolver 8 exercícios, em qualquer dia, até 15 de novembro. As questões são interativas e em formato de game, compreensível para as crianças, com o objetivo de popularizar o estudo da matemática e torná-la cada vez mais atraente.

Ao fim do exercício, os alunos e seus professores têm acesso ao resultado e a pontuação obtida. Todos os estudantes receberão um certificado digital, que os professores poderão imprimir e entregar aos participantes.