terça-feira, 21/05/2013
Sociedade

Comunidade indígena ganhará duas novas escolas em Miracatu

As obras receberão o investimento de R$ 1,5 milhão para o atendimento de 39 crianças em duas aldeias

A comunidade indígena do Estado de São Paulo irá ganhar duas novas escolas estaduais. As aldeias Dajikoaty e Uruity, no município de Miracatu, receberão o investimento de R$ 1,5 milhão para a construção dos prédios. As obras começarão em julho e a previsão para a conclusão, a partir dessa data, é de 210 dias.

As unidades contarão com duas salas de aula e uma sala de uso múltiplo, que serão construídas de modo que os ambientes possam se tornar um único espaço para uso da comunidade. Esse desenho foi concebido a partir do projeto-piloto, realizado na Aldeia Peguao-ty, na cidade de Sete Barras, que foi muito bem aceito pela comunidade.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

A elaboração do projeto, realizado pela Fundação para o Desenvolvimento da Educação (FDE), contou ainda com a participação da Fundação Nacional do Índio (Funai), do Ministério Público, das Secretarias do Meio Ambiente e Justiça, além de grupos indígenas.

As novas unidades atenderão 39 alunos das duas aldeias. Nessas escolas, as aulas serão ministradas em língua indígena e em português, por professores indígenas. Assim como a construção dos prédios, outras ações são realizadas pela Secretaria da Educação para garantir o acesso à educação por essas comunidades, como a distribuição de livros de alfabetização indígena.