quarta-feira, 12/07/2017
EJA - Educação de Jovens e Adultos

Concurso de Redação da DPU promove debate sobre situação carcerária no Brasil

Reeducandos que participarem receberão certificado para fins de remição de pena

A terceira edição do concurso de redação da DPU (Defensoria Pública da União) tem o tema “Mais Direitos, Menos Grades”, que visa promover a reflexão e o debate sobre a situação carcerária do Brasil. O prazo de envio das redações vai até 5 de setembro. As inscrições devem ser realizadas pelos gestores das unidades escolares. Mais informações e a ficha de inscrição podem ser acessadas nesse link.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

O público alvo são todos os estudantes do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental e do 1º ao 3º ano do Ensino Médio das escolas públicas, inclusive os da modalidade EJA (Educação de Jovens e Adultos). A proposta do concurso é, também, incluir alunos em cumprimento de medidas socioeducativas, matriculados no ensino Fundamental e Médio, bem como alunos matriculados na EJA que se encontram no sistema prisional.

Edital do 3º Concurso de Redação da DPU

Cartilha – Guia do Professor

O 3º Concurso de Redação da Defensoria Pública da União oferecerá prêmios aos participantes que enviarem os melhores textos sobre o tema. As três escolas que melhor desenvolverem os planos de sensibilização e mobilização junto com a comunidade escolar em torno do tema do certame também serão premiadas.

Outra vantagem é a de que os alunos em situação de privação de liberdade que desenvolverem as atividades de elaboração da redação receberão certificado de participação, da Defensoria Pública da União, para fins de remição de pena.

Critérios do 3º Concurso de Redação da DPU

Entre os pré-requisitos para a participação das escolas e a aceitação das redações estão destacados pontos como originalidade, respeito ao número de linhas (20 a 30 linhas), referência ao tema do concurso – “Mais direitos, menos grades”, e, por fim, o envio das redações no formulário disponível no site do concurso até a data limite, que é dia 5 de setembro.

Os trabalhos postados após essa data não serão recebidos pela comissão julgadora, que será composta por, cerca de, 12 pessoas, sendo três defensores públicos federais, três servidores da DPU e seis indicados pelo Depen (Departamento Penitenciário Nacional), vinculado ao Ministério da Justiça e Segurança Pública.

O resultado final do certame será divulgado até o dia 17 de novembro. A entrega dos prêmios ocorre no dia 15 de dezembro, em cerimônia na sede da DPU em Brasília e nas demais unidades nos estados.