quarta-feira, 04/04/2007
Últimas Notícias

Concurso sobre arte abre temporada 2007 para estudantes de escolas públicas

Primeiro colocado irá à França em 2008, segundo será contemplado com um microcomputador, e o terceiro ganha um aparelho de tevê Se você é aluno da rede estadual, tem entre 12 e 17 anos, e mora nos municípios de Santo André, São Bernardo do Campo, Paulínia ou Jacareí, preste atenção: a Rhodia iniciou, pelo segundo […]

Primeiro colocado irá à França em 2008, segundo será contemplado com um microcomputador, e o terceiro ganha um aparelho de tevê

Se você é aluno da rede estadual, tem entre 12 e 17 anos, e mora nos municípios de Santo André, São Bernardo do Campo, Paulínia ou Jacareí, preste atenção: a Rhodia iniciou, pelo segundo ano consecutivo, a realização do Projeto Museu de Arte Jovem, um projeto de inclusão social por meio da arte destinado a estudantes de escolas públicas localizadas no entorno de suas instalações industriais no Estado de São Paulo. Ao todo, serão beneficiados 400 estudantes – com a idade citada acima – de 28 escolas estaduais incluindo, em São Bernardo do Campo, alunos do Projeto IPEE/EJA (Iniciação Profissional com Elevação de Escolaridade/Educação de Jovens e Adultos), que atende jovens em situação de risco com necessidades especiais.

Como será

Obedecendo aos critérios de seleção que incluem freqüência e participação em todas as disciplinas do currículo escolar, situação financeira, social (situação de risco) e aptidão especial para artes plásticas, os alunos são escolhidos e convidados a se integrar ao projeto por professores e coordenadores pedagógicos. Ao longo do ano, os estudantes participam de aulas extra-curriculares, num total de quatro horas semanais, nas quais aprendem mais sobre artes e produzem telas sobre “A Biodiversidade Brasileira”. Para estimular a participação dos estudantes, o Museu de Arte Jovem realiza premiação e exposição itinerante dos melhores trabalhos. O júri será formado por representantes das Secretarias de Educação e Cultura, pela crítica de arte Roseli Ventrella, que também é Mestre em Artes Visuais, e representantes da Rhodia, entre outros.

Prêmio

O primeiro colocado terá direito a uma viagem cultural à França, a ser realizada em 2008, acompanhado pelo responsável, com todas as despesas pagas. O segundo colocado será contemplado com um microcomputador, e o terceiro colocado será premiado com uma televisão. Os melhores trabalhos serão expostos nas unidades empresariais da Rhodia, no Brasil e na França e em locais das comunidades onde a empresa tem atuação.

Arte e cidadania

Segundo Odete Duarte, diretora de comunicação corporativa da Rhodia, a realização desse tipo de projeto ajuda a complementar a formação educacional por meio da arte, enfocando temas que reforçam a prática da cidadania, melhoram a auto-estima e o aproveitamento escolar dos jovens, além de oferecer aos estudantes uma atividade na escola que os mantêm afastados de situações de risco.

A renovação do apoio ao projeto, alinhado às práticas de Responsabilidade Social Empresarial realizadas pela empresa em todos os países onde tem presença, se deve aos bons resultados obtidos com a realização da temporada de 2006, explica Odete. “Neste ano, ampliamos a participação para atender 400 estudantes, que terão a oportunidade de adquirir conhecimentos por meio da arte/educação, uma forma interessante de despertar a consciência cidadã nos jovens”, observou.

Eles já ganharam

Na temporada passada, com a tela intitulada “Sentido do Poder”, o estudante Ivens Francisco Ribeiro, de 17 anos, da Escola Estadual Prof. Dorothoveo Gaspar Viana, de Jacareí (SP), foi escolhida como a melhor do projeto MAJ – Museu de Arte Jovem. Como prêmio, o estudante ganhou uma viagem cultural à França, que será realizada no início de maio próximo.

A segunda colocada, a estudante Laura Heloise A de Camargo, 17 anos, da Escola Técnica de Paulínia, autora da obra “A Escolha” recebeu como prêmio um microcomputador com impressora. A terceira colocada, Amanda Blumer Souza, de 16 anos, aluna do Centro Municipal de Ensino Profissionalizante, de Paulínia, com a obra “Dois caminhos”, ganhou uma televisão de 29 polegadas. Os professores voluntários que orientaram os trabalhos dos três primeiros colocados também foram premiados.

 

 

 

 

Museu de Arte Jovem

O projeto, iniciativa da empresa PróCultura, teve início em 2002, com o objetivo de estimular adolescentes de escolas públicas de duas regiões de São Paulo a participar de um espaço de criação que utiliza a arte como expressão. Atualmente, abrange sete estados brasileiros (São Paulo, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso e Paraná), atingindo 20 municípios e beneficiando, em 2007, o total de 2100 alunos.