quinta-feira, 29/10/2015
Pais e Alunos

Confira aqui todas as escolas que passarão pela reorganização

No dia 14 de novembro acontece o "Dia E" em todas as unidades escolares do Estado

Nesta quinta-feira (29) a Secretaria da Educação disponibilizou para pais e alunos uma página para a consulta de todas as escolas que atenderão à reorganização. Clique aqui.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

A Educação consolidou o estudo que envolve a reorganização de sua rede de escolas e, com o trabalho realizado em conjunto com as 91 diretorias de ensino, divulga a lista de escolas que serão transformadas em novo aparelho educacional. 

A próxima etapa envolverá diretamente os pais, alunos e a comunidade escolar. No dia 14 de novembro, “Dia E” da Educação, acontecerá em todas as escolas do Estado um encontro entre pais, alunos, professores e diretoria escolar.  Além disso, pela internet e por carta, os pais terão todas as informações envolvendo a rotina escolar de seus filhos.

Confira aqui a lista completa das escolas que terão outra atividade educacional.

Confira aqui a lista completa das 754 escolas de ciclo único. 

A reorganização da rede criou 754 escolas de ciclo único, focadas em uma única faixa etária. Assim, 2.197 escolas em todo o Estado (43% do total) passarão a funcionar neste modelo, a partir de 2016. Serão abertas 2.956 classes, hoje ociosas, e haverá uma diminuição de 18% de escolas de dois segmentos, passando de 3.209 para 2.635.

Segundo o resultado do Idesp (2014), as escolas de segmento único dos Anos Iniciais tiveram um rendimento 14,8% superior às demais; as escolas de segmento único dos anos finais, 15,2%; e as escolas de segmento único do Ensino Médio, 28,4% superior.

O estudo da Pasta foi discutido regionalmente, levando em consideração a realidade demográfica e especificidades de cada município. Os critérios para as mudanças incluíram o número máximo de alunos por sala e o deslocamento limite de 1,5 km da atual escola para a nova unidade. Ao todo, cerca de 311 mil alunos serão transferidos pela reorganização das escolas e 1,4 milhão diretamente impactados.