quinta-feira, 16/08/2018
Notícia

Conheça a biblioteca do Centro de Referência em Educação

Localizada na Praça da República, o espaço cultural mantém mais de 55 mil documentos para consultas e empréstimos

Além de carregar uma rica história de ensino e tradição, a casa Caetano de Campos, atual sede da Secretaria de Estado de Educação, mantém a biblioteca do Centro de Referência em Educação (CRE) Mario Covas. Os visitantes vão encontrar mais de 55 mil documentos para consulta e empréstimo.

Localizado na praça da República, centro de São Paulo, o espaço funciona de segunda a sexta, das 9h às 17h.

“A biblioteca está inserida em um circuito cultural e histórico, uma vez que ficamos na Casa Caetano de Campos, um prédio centenário, e estamos próximos ao SESC 24 de Maio, nas proximidades do edifício Copan e no centro da Praça da República, um marco nacional”, destaca Maria Salles, coordenadora do CRE Mario Covas.

O espaço mantém material institucional e acervo do Programa “Sala de Leitura”, com uma variada coleção de literatura e outras áreas, como livros, teses (Programa Bolsa Mestrado & Doutorado), DVDs, monografias, periódicos e publicações institucionais da Secretaria da Educação.

“Prioritariamente, os empréstimos são feitos a profissionais da rede estadual de ensino. No entanto, temos mecanismos para cessões a estudantes, pesquisadores e demais interessados”, explica Maria Salles.

A biblioteca conta com uma equipe multidisciplinar formada por bibliotecários, professores e técnicos, que oferece atendimento presencial e online aos participantes de concursos públicos, , por meio de consultas referentes à bibliografia dos certames; DVDs do Programa “Cultura é Currículo” e mais de 200 títulos no formato Daisy – tecnologia que permite a pessoas com deficiência visual, ou baixa visão, a leitura de textos a partir da narração em áudio, ou adaptação em caracteres ampliados.

Ao visitar o espaço, o público terá acesso ao Centro de Memória e Acervo Histórico, localizado ao lado da biblioteca, com objetos da história da educação paulista, uma seção destinada a exposições temporárias.

O CEMAH, em articulação com outros departamentos da Pasta, universidades e órgãos de preservação do patrimônio, tem dois pilares principais: preservação, disponibilização e divulgação do acervo histórico da escola Caetano de Campos; e desenvolvimento de ações de preservação da memória e do patrimônio histórico escolar.

A equipe responsável pelo trabalho realiza o tratamento técnico, a montagem de exposições e o atendimento de pesquisadores. “São duas unidades, uma na praça da República, com o administrativo e as exposições para o público espontâneo ou agendamento para adultos. E na unidade Armênia fica a reserva técnica do acervo histórico. Então quem faz pesquisas vai para lá, com agendamento prévio”, explica Maria Cristina Noguerol Catalan, diretora do Centro de Memória e Acervo Histórico/CRE Mario Covas/EFAP.

Oferece também apoio técnico e metodológico para a produção de projetos da preservação da memória e do patrimônio histórico nas escolas da rede. As orientações são enviadas por e-mail, pelo site ou atendimento presencial.

As Diretorias de Ensino interessadas podem solicitar uma oficina ou orientação técnica. As Des receberão conteúdos para o desenvolvimento de trabalhos, projetos, ações sobre a preservação da memória escolar, elaboração de inventário do patrimônio histórico escolar e organização de exposições e espaços de memória.

Serviço

Unidade 1: Praça da República, 53 Centro – São Paulo
Fone: 2075 4750

Unidade 2: Rua Paulino Guimarães, 224 – próximo à estação do metrô Armênia, São Paulo
Fone: 3312 6936