segunda-feira, 29/10/2018
Ensino Fundamental

Conheça algumas bibliotecas espalhadas por São Paulo

Por meio da leitura, é possível aprimorar a escrita, melhorar o vocabulário, estimular a criatividade, entre outros benefícios

“A leitura traz cultura e conhecimento, ela diversifica o nosso saber em relação às demais culturas”. Para o aluno Caio Alvaredo Lima dos Santos, a leitura transcende o ambiente escolar. Criar esse hábito fora da escola é imprescindível para a ampliação do repertório cultural.

Por meio da leitura, é possível aprimorar a escrita, melhorar o vocabulário, estimular a criatividade, entre outros benefícios. Separamos algumas bibliotecas espalhadas por São Paulo que podem te ajudar a criar esse hábito:

Biblioteca Parque Villa Lobos

Avenida Queiroz Filho, 1.205, Alto de Pinheiros, São Paulo
Telefone: (11) 3024-2500
Funciona de terça a domingo e feriados das 9h30 às 18h30.

Biblioteca São Paulo

Avenida Cruzeiro do Sul, 2.630, Santana (ao lado da Estação Carandiru do Metrô), em São Paulo
Telefone: 2089-0800
Funciona de terça a domingo e feriados das 9h30 às 18h30.

Biblioteca na Casa Caetano de Campos (sede da Secretaria da Educação)

Praça da República, 53 – sala 40 – Térreo, Centro de São Paulo
Telefone: (11) 2075-4770/4771
Horário de atendimento: segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.

Biblioteca Monteiro Lobato

Rua General Jardim, 485, Vila Buarque, no centro de São Paulo
Telefone: (11) 3256-4438/32564122
Funcionamento de segunda a sexta das 8h às 18h. Sábados das 10h às 17h e aos domingos das 10h às 14h, somente Sala Infantil e Exposição “Eu Lobato”.

Biblioteca Mário de Andrade

Rua da Consolação, 94 – Centro de São Paulo
Telefone: (11) 3775-0002
Funcionamento: Sala de Estudos e Sala de Convivência de segunda a sexta, das 8h às 22h. Sábado e domingo das 8h às 20h.

Sala de Leitura

Sala de Leitura é um espaço pedagógico de trabalho interdisciplinar que incentiva a leitura e apoia o currículo escolar. O espaço é coordenado por professores e aberto durante a semana nos três períodos de aulas (manhã, tarde e noite).

Mostras de vídeo, culturais e muita pesquisa fazem parte da rotina da sala de leitura da escola Professora Nancy de Oliveira Fidalgo, localizada na capital paulista.

Para o professor Djalma Ribeiro da Silva da unidade de ensino, “o espaço promove durante todo o ano iniciativas que estimulam os mais de 1200 alunos da unidade a buscarem informações multidisciplinares por meio dos livros”, explica.