sexta-feira, 04/10/2019
Creche Escola

Creche Escola é entregue na cidade de Trabiju

Investimento foi da ordem de R$ 1,6 milhão na construção; unidade deve beneficiar 130 alunos

Nesta sexta-feira (4) o Governo do Estado de São Paulo entregou mais uma unidade do Programa Creche Escola na região de Araraquara. A EMEI Antonio Lourenço Morales, localizada na cidade de Trabiju, tem capacidade para atender 130 crianças de 0 a 5 anos.

“Temos aqui uma creche que será fundamental para nossos jovens e nos ajudará a cumprir nossas metas em educação. Eu não poderia estar mais do que agradecido ao Leandro, ao secretário Rossieli e ao governador João Doria”, diz Maurilio Tavoni Junior, prefeito de Trabiju.  O prédio possui salas pedagógicas, berçários com fraldário e lactário, secretaria, refeitório, banheiros e área de serviço.

A construção foi realizada graças ao investimento de mais de R$ 1,6 milhão do governo paulista, em parceria com a prefeitura local. “Para nossa área, que queremos tanto que seja digna e atenda a população, essa creche certamente fará a diferença”, comemora Dilma Silva, secretária municipal de educação e cultura.

“Serão mais de 150 crianças por ano que terão atendimento na etapa mais importante, decisória de suas vidas. A cada investimento que nós fazemos em uma criança nesta idade, ele retorna em até sete vezes em toda a sua vida. E nisso São Paulo tem avançado. Um dos grandes compromissos que nós temos é entregar creches em todo o Estado e apoiar os municípios”, afirmou Rossieli Soares.

Desde a sua implantação, em 2011, foram entregues 370 unidades dentro do Programa Creche Escola e outras 248 estão em execução. “Uma de nossas bandeiras é essa parceria que faz tão bem para todo mundo. Penso que não existe uma rede municipal ou uma rede estadual, mas sim uma rede pública. Construímos coisas juntas”, diz Leandro Damy, presidente da FDE.

A Diretoria de Ensino de Araraquara conta com 64 escolas estaduais e quase 30 mil alunos nos ensinos Fundamental e Médio. Dentre as unidades, 11 adotam o modelo de tempo integral e oferecem uma grade horária superior a sete horas por dia. Há, ainda, quatro unidades do Centro de Estudos de Línguas (CEL), com aulas gratuitas de idiomas.