quinta-feira, 25/07/2013
Pais e Alunos

Cresce o número de projetos enviados por jovens de São Paulo ao Parlamento Jovem

Aumento de 17,7% revela aumento do interesse dos alunos por questões políticas e de cidadania

Os alunos das escolas paulistas têm se interessado cada vez mais pelo desenvolvimento de projetos e iniciativas voltadas para as áreas da política e da cidadania. Isso é o que mostra o levantamento realizado pela Educação, que aponta o crescimento no número de jovens inscritos no programa Parlamento Jovem Brasileiro.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

Neste ano, foram 212 projetos de lei inscritos para representar o Estado de São Paulo na competição nacional, contra 180 projetos recebidos em 2012, o que indica aumento de 17,7%. “É possível perceber o quanto os nossos alunos estão interessados nas questões políticas e de cidadania, fundamentais para a criação de uma sociedade mais justa e melhor”, afirma o responsável estadual pelo Parlamento Jovem Brasileiro, Sérgio Luiz Damiati.

Das propostas enviadas pelos alunos de São Paulo, foram pré-selecionados 44 projetos de lei, sendo 33 deles elaborados por alunos da rede estadual de ensino. Entre eles, está o trabalho do estudante Fabio Diego de Souza, da E.E. Anna Passamonti Balardin, em Sertãozinho, que visa a “redução de alíquota de impostos sobre produtos para veículos que possuam tecnologia híbrida”. Veja mais aqui.  

Premiação

As iniciativas serão analisadas pela Câmara dos  Deputados que selecionará 11 estudantes paulistas. A lista com os nomes dos ganhadores será divulgada dia 19 de agosto.

Os contemplados irão viajar a Brasília e terão a oportunidade de participar de uma sessão especial na Câmara, vivenciado todas as funções de um parlamentar. O evento acontece entre os dias 23 e 27 de setembro e reunirá 78 estudantes de todos os Estados brasileiros.