segunda-feira, 01/07/2013
Sociedade

Óculos do Visão do Futuro são entregues aos alunos e ajudam no desempenho escolar

Alunos da E.E. Vila Penteado, na zona norte, receberam com alegria o novo acessório

Uma nova forma de enxergar o mundo. Essa é experiência que os pequenos alunos da E.E. Vila Penteado II, na zona norte de São Paulo, relatam ao colocarem pela primeira vez os óculos que ganharam do programa Visão do Futuro. O levantamento realizado pela Educação apontou que, entre 2009 e 2012, quase 30 mil estudantes receberam óculos por meio da iniciativa. Em 2013, cerca de mil crianças já estão com os novos acessórios em mãos, número que ainda irá aumentar nos próximos meses.

Na escola da zona norte, o momento de receber o estojo estampado com o nome do programa Visão do Futuro foi aguardado ansiosamente pelos alunos. “Desde que participou do mutirão, ele perguntava todos os dias quando os óculos iriam chegar”, conta Mércia Gonçalvez, mãe do pequeno Pablo, de apenas 7 anos. “Ele está aprendendo a ler e escrever e, agora, poderá enxergar melhor as lições na lousa”, afirma.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

O primeiro passo para que os novos óculos chegassem até Pablo foi dado no início do ano, quando professores da unidade, capacitados por especialistas, fizeram o primeiro teste de acuidade visual nos estudantes. As crianças que apresentaram dificuldades para enxergar foram encaminhadas para atendimentos oftalmológicos em unidades de saúde. Os óculos para os alunos que apresentaram problemas de visão são custeados pela Secretaria de Estado da Saúde, um dos parceiros do programa.

Ao todo, mais de 70 mil alunos passaram pelos testes de acuidade visual. Destes, cerca de 20 mil foram encaminhados para os chamados “mutirões” do programa. “O mutirão aconteceu em um sábado e a equipe escolar acompanhou os alunos até o atendimento. Os estudantes passaram pela triagem e as crianças que necessitavam dos óculos puderam escolher a cor e o modelo da armação”, explica Rosana da Silva, diretora da E.E. Vila Penteado.  

A educadora ainda conta que, com a chegada dos óculos, a expectativa é de que os pequenos melhorem seu desempenho na sala de aula. “Já tivemos casos de crianças que tinham dificuldade de aprendizado e, quando receberam os óculos, melhoraram na parte pedagógica”, revela.