quinta-feira, 03/08/2017
Pais e Alunos

#GestãoEmFoco: melhorias na qualidade do ensino são identificadas pela Diretoria Leste 4

Diretoria de Ensino foi piloto do projeto, em 2016; 77 escolas participaram

Para garantir a melhoria continuada da qualidade do aprendizado dos 3,7 milhões de alunos matriculados nas escolas da rede, a Secretaria de Estado da Educação lança o Programa Gestão em Foco. Em 2016, um projeto piloto na Diretoria de Ensino Leste 4 foi realizado, adaptando o método de gestão à realidade da rede. O projeto trouxe mudanças positivas para a DE e as 77 escolas participantes.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

Na prática, o programa une metodologia e ferramentas que auxiliam a implementação das políticas educacionais da Secretaria da Educação com a aplicação do Método de Melhoria de Resultados (MMR). A partir disso, as escolas têm metas a atingir e traçam, junto com a Diretoria de Ensino, um plano de ação.

“O impacto na sala de aula, eu acho que foi altamente positivo porque mobilizou toda uma comunidade escolar em torno de uma melhoria de resultados. Esse método mexe com as pessoas, ele desafia as pessoas, ele mostra resultados educacionais que às vezes não são bons e então desafia as pessoas a criarem ações para que a gente possa melhorar esses resultados”, disse o dirigente regional de ensino da DE Leste 4, José Carlos Francisco.

O objetivo do método é que a sistemática de acompanhamento facilite o monitoramento das ações e dos seus resultados, a correção de rumos e o compartilhamento de boas práticas.

“O método consiste em oito passos, que é primeiro você identifica o problema que a escola tem, você quebra o problema que essa escola tem em problemas menores na unidade escolar, você identifica as causas desses problemas e constrói um plano de melhoria de resultados, baseado no problema real da escola”, disse a supervisora regional de ensino da DE Leste 4, Aparecida Lúcia Novaes Oliveto.

A supervisora explicou que todas as vezes que havia uma ação dentro de unidades escolares, a DE articulava uma reunião do Comitê Regional para formação dos diretores de escola e supervisores de ensino.

Projeto será expandido em 2017

A previsão é que ainda este ano o projeto seja expandido para as 13 Diretorias de Ensino da capital e que até 2019, todas as Diretorias de Ensino participem do programa.

Para garantir a aplicação correta do MMR e acompanhar todas as etapas, as escolas contarão com apoio da sua Diretoria de Ensino.