quinta-feira, 23/06/2005
Últimas Notícias

Diretorias de Ensino se unem na capacitação do combate às drogas

Em parceria com a União Intermunicipal Antidrogas (UNIAD), as Diretorias de Ensino de Birigui, Andradina e Araçatuba realizaram o II Fórum Intermunicipal Antidrogas no Centro de Promoção Humana Ave Cristo, em Birigui, no último dia 16. O evento visa à mobilização e conscientização dos participantes para o Dia Internacional de Combate às Drogas, nesse domingo, […]

Em parceria com a União Intermunicipal Antidrogas (UNIAD), as Diretorias de Ensino de Birigui, Andradina e Araçatuba realizaram o II Fórum Intermunicipal Antidrogas no Centro de Promoção Humana Ave Cristo, em Birigui, no último dia 16. O evento visa à mobilização e conscientização dos participantes para o Dia Internacional de Combate às Drogas, nesse domingo, 26.

Cerca de 400 pessoas entre dirigentes de Ensino, assistentes técnico-pedagógicos, coordenadores de área, diretores, supervisores, professores e alunos acompanharam a palestra da professora Eleuza Guazzelli – bióloga e psicopedagoga da equipe da Coordenadoria de Estudos e Normas Pedagógicas (CENP) – responsável técnica pelo Projeto Prevenção também se Ensina.

O tema Responsabilidade Social e Profissionalização na Prevenção foi abordado pelo juiz de direito e 1º secretário da UNIAD, Emerson Sumariva Junior. O doutor Vilson Disposti, diretor da Casa do Caminho Ave Cristo, falou sobre o papel da família na prevenção. No encerramento do evento, a doutora Mariangela Braguim Antonio – mestre em psicologia – coordenadora do curso e clínica de Psicologia da Universidade Paulista (UNIP) – palestrou sobre o tema Implicações Psicológicas na dependência química.

O evento complementa-se com o Dia Internacional de Combate às Drogas (dia 26 de junho). No Brasil, a dependência química atinge a todas as classes sociais, entretanto, poucas tem acesso ao tratamento especializado. A prevenção é ainda a melhor maneira de reduzir os danos pessoais, familiares e sociais. A ONU recomenda que a prevenção só funciona se for permanente. Para os organizadores do fórum, o grande desafio a ser vencido ainda, não é apenas a elaboração ou execução de um projeto de prevenção duradouro, mais sim, a mobilização da social em torno deste ideal.

Eduardo Santos