terça-feira, 08/10/2013
Releases

Dobra o número de inscritos no maior concurso da história para professores na região do Vale do Paraíba

Balanço da Secretaria da Educação mostra que no total 133 mil já fizeram a inscrição no Estado para o processo seletivo previsto para 17 de novembro Levantamento parcial da Secretaria da Educação do Estado aponta que desde o dia 26 de setembro, data em que foram abertas as inscrições para o maior concurso da história […]


Balanço da Secretaria da Educação mostra que no total 133 mil já fizeram a inscrição no Estado para o processo seletivo previsto para 17 de novembro

Levantamento parcial da Secretaria da Educação do Estado aponta que desde o dia 26 de setembro, data em que foram abertas as inscrições para o maior concurso da história para professores de São Paulo, já foram registrados cerca de 133 mil inscritos, uma média de 11 mil por dia. O número é mais do que o dobro do último balanço divulgado, já que na primeira semana foram 60 mil candidatos em todo Estado.

Na região do Vale do Paraíba são 9,4 mil inscritos, número 2,3 vezes maior do que na última semana quando eram 4 mil cadastros.  Os interessados podem fazer a inscrição até o próximo dia 16 de outubro e o processo seletivo está previsto para 17 de novembro. Mais informações estão no Portal da Pasta: www.educacao.sp.gov.br.

No total, são 59 mil vagas para professores e a prova acontece nos municípios-sede das 91 diretorias de ensino do Estado.  Serão 80 questões objetivas e 2 dissertativas. O conteúdo se refere à formação básica do professor e à formação específica de cada disciplina e as referências bibliográficas estão disponíveis para consulta (veja aqui). 

Além do exame, o processo seletivo também é composto por uma avaliação de títulos. As vagas serão disponibilizadas regionalmente e cada candidato deve indicar pelo menos uma diretoria de ensino onde gostaria de trabalhar.

       “O amplo interesse no maior concurso da história mostra que está no caminho certo a política de valorização dos professores, uma das prioridades desta gestão. A ampliação da atuação dos professores na rede estadual de ensino é um compromisso e as ações contemplam ainda uma política salarial prevista em lei e a materialização de um plano de carreira inédito, construído em conjunto com os nossos servidores”, afirma o secretário da Educação, professor Herman Voorwald.

Desde janeiro de 2011, foram nomeados 34 mil docentes que somados ao novo concurso totalizam 93 mil professores. No início do próximo semestre letivo, já serão chamados 20 mil profissionais.

       O salário inicial de um professor que leciona para classes de anos finais do Ensino Fundamental e do Ensino Médio, com jornada de 40 horas semanais, é de R$ 2.257,84, podendo chegar a R$ 6.390,78 de acordo com a evolução funcional. A rede estadual paulista tem uma política salarial que prevê um aumento escalonado de 45% em três anos. Em 2014, a remuneração inicial deste docente chegará a R$ 2.415,89. O valor do piso pago pelo Estado de São Paulo é 44% superior ao piso nacional.

Confira a galeria de fotos para download no link