quinta-feira, 09/12/2021
Notícia

Docentes da região de Araçatuba são homenageados com medalha MMDC Caetano de Campos

Professores e diretora receberam principal honraria concedida pelo Governo do Estado de São Paulo na área da educação das mãos do Secretário Rossieli Soares

Nesta sexta-feira (3), a professora Patrícia Regina Grillo Turini da EE Professora Maria Apparecida Balthazar Poco, o professor Vanduir Aparecido Eras da EE Professora Licolina Villela Reis Alves e a diretora Ilma Trindade Silva Bersani da EE Jorge Corrêa, receberam das mãos do Secretário Estadual da Educação Rossieli Soares, a medalha MMDC Caetano de Campos. Considerada a principal honraria concedida pelo Governo do Estado de São Paulo na área da educação, a homenagem destaca a atuação da docente da região de Araçatuba.

“Pela primeira vez a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo está indo às regiões fazer esse reconhecimento e hoje nós gostaríamos de reconhecer a estes profissionais pelos trabalhos prestados à educação”, declara Rossieli Soares.

Na educação desde 1986, a professora de língua portuguesa Patrícia Turini já impactou na vida de milhares de alunos que forma e formou. “A professora Patrícia é uma pessoa reconhecida aqui na comunidade e hoje leciona uma disciplina que é fundamental, impactando nossos jovens de maneira espetacular, olhando para a vida, olhando para o protagonismo. Quem já passou por muitos processos de acertos e direitos de escolhas na vida, poder trabalhar com nossos jovens com projeto de vida é fantástico”, enfatiza Rossieli Soares.

O professor de matemática Vanduir Eras é reconhecido pelos alunos e colegas por seus ensinamentos irem além dos conteúdos curriculares. O Secretário Rossieli Soares destaca que “o professor Vanduir tem uma dedicação que torna o ensino uma motivação para os seus alunos e tem sempre apresentado resultado. Os alunos dele conseguem enxergar na prática as funcionalidades na matemática, o que é fundamental. A gente acha que a matemática não está na nossa vida, mas a matemática vai estar na nossa vida em qualquer coisa que você decida fazer”.

Sobre a diretora Ilma Bernsani, o Secretário Rossieli Soares conta que “a Ilma sabe o nome de todos e reconhece quando não estão bem ou precisam de algo. Com a pandemia, ela manteve a escola aberta para receber aqueles que mais precisavam, ia de porta em porta para contatar alunos que não conseguia alcançar pela internet, tudo isso para garantir que os estudantes não ficassem distantes da escola e ficassem bem”.

“Estou na direção da escola há 20 anos, e nosso trabalho só é bem realizado porque somos uma equipe que acredita na escola pública e olhar a cada momento para os alunos e perguntar ‘Onde é que eu posso melhorar a vida dele?’, porque essa é a razão da escola pública”, pontua Ilma Bersani.