quinta-feira, 30/07/2009
Últimas Notícias

Educação distribui 36 mil cartazes sobre gripe suína nas escolas

Iniciativa pretende orientar professores, pais e alunos sobre as medidas de prevenção A Secretaria de Estado da Educação coloca em prática mais uma iniciativa para combater a gripe suína. A Pasta irá distribuir 36 mil cartazes para todas as 5.500 escolas estaduais com dicas sobre como evitar a contaminação pelo vírus Influenza A H1N1. Os […]

Iniciativa pretende orientar professores, pais e alunos sobre as medidas de prevenção

A Secretaria de Estado da Educação coloca em prática mais uma iniciativa para combater a gripe suína. A Pasta irá distribuir 36 mil cartazes para todas as 5.500 escolas estaduais com dicas sobre como evitar a contaminação pelo vírus Influenza A H1N1.

Os informativos já começaram a ser enviados e chegarão às unidades até a próxima quarta-feira (5/8), antes da data programada para a volta às aulas. A ação irá ajudar os professores a informar os 5,5 milhões de alunos da rede e a comunidade escolar sobre a doença.

Os cartazes foram desenvolvidos pelo Centro de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Estado da Saúde com orientações importantes de prevenção. Além de textos, existem ilustrações que estimular as pessoas a lavar as mãos com freqüência, cobrir o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, evitar aglomerações ou locais pouco arejados e manter uma boa alimentação.

Outras iniciativas

A Secretaria de Estado da Educação realizou no último dia 8 uma videoconferência para orientar os 210 mil professores da rede sobre a gripe suína. O vídeo está disponível na página da Rede do Saber (www.rededosaber.sp.gov.br). Também está disponível na página da Secretaria na internet (www.educacao.sp.gov.br) um informativo com orientações de hábitos de higiene que podem ser adotadas no ambiente escolar para evitar o contágio.

Para tentar reduzir a transmissão do vírus influenza A H1N1, a Secretaria de Estado da Educação, por recomendação da Secretaria de Estado da Saúde, determinou que a volta às aulas do segundo semestre fosse adiada para o dia 17 de agosto.